terça-feira, 7 de setembro de 2021

O ódio e o rancor não podem turvar o povo brasileiro

O ódio e o rancor não podem turvar o povo brasileiro Sem democracia, sem justiça, sem liberdade, não há vida humana A democracia serve para ELEGER pessoas para respeitar as outras pessoas, se comprometerem a trabalhar juntos, defendendo os interesses legítimos das comunidades. Sem democracia, as pessoas são nomeadas por poucas pessoas para perseguir e reprimir muitas pessoas. E por que no decorrer do tempo, temos mais anos de guerras e ditaduras do que de paz e liberdade? Esta pergunta também vale para os religiosos: Se somos feitos a imagem e semelhança de Deus, porque há tanta doença e tanta morte? Porque o ser humano ainda tem muito de animal mais para o irracional do que o racional. Somos predadores e somos uma das únicas espécies que mata para se distrair, em vez de só matar para alimentar-se ou defender-se... Da mesma forma, embora tenhamos dito que fomos feito a imagem e semelhança de Deus, estamos a muitos anos-luz para chegar à bondade, quanto mais à divindade. Para superar estes desafios diários, precisamos conviver, desde pequenos, com as pessoas, estudando juntos, trabalhando juntos e divertindo-se juntos. Aprendendo a ganhar e a perder. Perdoar para ser perdoado... Os jovens geralmente são mais sectários do que os velhos. Os jovens falam e escrevem grosserias que, com o tempo, vamos percebendo que magoam e travam certas situações. Por isso que precisamos o tempo todo valorizar o aprendizado com as crianças e adolescentes, como valorizar as experiências vividas pelos mais velhos. Com medo e com ódio de uma mulher que foi a primeira mulher eleita presidente do Brasil, as “forças ocultas” se juntaram com os traidores e os traiçoeiros e deram um golpe de Estado contra Dilma, as esquerdas e contra o povo. Preferiram nomear presidentes, aventureiros e pessoas de imagens comprometidas, a deixar a mulher acabar seu mandato. Dilma era e é difícil. Mas tem uma história de vida também difícil. O mandato não era só dela. Era de dez partidos políticos que formaram a coligação para elege-la. Muitos erraram... O Brasil travou, passou a andar para trás, teve a pandemia, estamos chegando a 600 mil mortes, temos o desemprego, a inflação, o dólar abusivo e a insegurança generalizada... Lula, que indicou Dilma, deixando de ser candidato na época, agora é convocado pelo povo brasileiro e por muitos que organizaram o golpe de Estado contra Dilma, Lula está sendo convocado para restabelecer a paz, o crescimento econômico, a inclusão social e o reconhecimento internacional. Com certeza, Lula é a melhor pessoa para acalmar o Brasil e acabar com o nosso sofrimento. Basta comparar a fala de Lula antes do dia 07 e o ódio destilado de Bolsonaro neste 7 de setembro. É preciso ter amor no coração, é preciso ter humildade para se governar juntos, é preciso respeitar a história de vida de cada um. Lula é a garantia da paz e do trabalho decente. Precisamos proteger os juízes, precisamos proteger as pessoas nas ruas e nos meios de transportes, precisamos ajudar as pessoas necessitadas. Precisamos lembrar de pessoas como Dom Paulo Evaristo Arns que, no próximo dia 14, completará 100 anos do seu nascimento. Mesmo que tenhamos que ir para guerra, que seja para defender a paz, a liberdade, a democracia com eleições livres e soberanas. Que cada um faça sua parte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário