terça-feira, 21 de setembro de 2021

Aniversariantes ilustres

Tres símbolos do trabalho sindical Cada um com seu estilo, nesta semana temos aniversário de: 1 - NELSON SILVA, dia 19, um gigante no trabalho de base, no motivar os bancários a participarem das greves e dos piquetes. Além de ser bo de base, Nelsão adorava uma brincadeira. Sentado na sala da diretoria, ele atendia o telefone com sua voz grave - Polícia Federal, boa tarde. Do outro lado da linha, uma voz assustada perguntava: Deve ser algum engano, porque eu tenho este número como sendo do sindicato dos bancários de São Paulo. O sr pode repetir o número? E Nelsão, que já tinha identificado de quem era àquela voz assustada, respondia: Boa tarde, Raquel. E ouvia um belo palavrão... 2 - AUGUSTO CAMPOS, fez aniversário no dia 21, e poderíamos escrever livros e mais livros sobre os casos e causos de Augusto. Ele era tão esperto que o sindicato, mesmo sob intervenção doMinistério do Trabalho, Augusto conseguiu comprar a quadra na Rua Tabatinguera e construir o Centro Sindical dos Bancários. A quadra esportiva, na verdade, era o único grande espaço para se fazer assembleias, congressos e conferências para organizarem a classe trabalhadora. 3 - SÍLVIA PORTELA - faz aniversário nesta quarta-feira, 22. Sílvia começou a atuar politicamente ainda no tempo em que a ditadura militar, prendia, torturava, matava ou mandava soltar. Isto obrigava o pessoal a atuar na clandestinidade. Com o tempo, passou a ajudar mais na categoria bancária e ajudando muito na organização da CUT. Sílvia continua ajudando muito na organização e formação da classe trabalhadora. Manteve sua firmeza de ideias, mas sempre manteve um respeito muito grande pelas pessoas. Podemos sistematizar vários anuários, registrando aniversários e históricasde pessoas especiais para nós. Parabéns para todos e todas e vamos trabalhar para mobilizar bastante gente nas manifestações do FORA BOLSONARO.

Um comentário:

  1. Um prazer ler suas crônicas mestre, além de ter um tremendo orgulho de ter ouvido varias pessoalmente, Nego Veio, um forte abraço.

    ResponderExcluir