domingo, 4 de julho de 2021

Globo e Folha mostram o Brasil contra Bolsonaro

Globo, Folha e a alegria dos manifestantes Só Freud explica... Depois de passar anos criticando a Rede Globo e a Folha por serem contra a esquerda e por liderarem o golpe de Estado de 2016, os manifestantes contra o governo genocida de Bolsonaro deletaram-se assistindo ao Jornal Nacional ontem à noite e a pegar o exemplar da Folha e ver tantas fotografias e reportagens. O que levou a Globo e a Folha a defenderem as manifestações? Imaginem o Brasil inteiro, na hora da janta, ver o povo assistindo ao jornal nacional e constatar que houve manifestações em todas as capitais dos Estados, ver sua cidade do interior também aparecer na reportagem? E a alegria dos brasileiros que estão morando no exterior e fizeram bonitas manifestações de Fora Bolsonaro? Até parecia que estávamos numa democracia, onde a imprensa era neutra ou progressista, os policiais conversavam com os manifestantes respeitosamente e o Brasil vai se dando conta de que a maioria da população já não apoia o governo Bolsonaro. A montanha começou a mover-se. Argumentos jurídicos para condenar o presidente vão se acumulando; Argumentos políticos estão presentes na CPI; Imoralidade de corromper-se cobrando UM DOLAR POR VACINA, é a estupidez mais mesquinha desta quadrilha que governa o Brasil. E as mortes continuam aumentando, mesmo com vacinas. Chegaremos a 600 mil mortes? Depende de você e de cada um de nós. Ou derrubamos o governo para acabar com a mortandade, ou podemos passar das 600 mil mortes. Mas, fazer tanto esforço para tirar Bolsonaro para botar Mourão no lugar, não é burrice? Os manifestantes responderam ontem nas ruas, fora Bolsonaro e Mourão. Já tem até banqueiros aceitando Lula na presidência, mas ponderam que é importante manter o teto nos gastos. Nós pensávamos que salvar o povo fosse mais importante do que salvar o teto... Ainda bem que a seleção de futebol não joga hoje. Assim, este domingo nós vamos só comemorar p apoio da Rede Globo e da Folha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário