quinta-feira, 1 de julho de 2021

Brasil decadente e desacreditado

Como recuperar o Brasil? Outro dia, ao ouvir uma discussão sobre a existência ou não da "burguesia nacional", eu insisti que no Brasil não existe mais empresários nacionalistas, com projetos de proteção de nossas riquezas naturais e não naturais. Tudo ou quase tudo já está nas mãos dos estrangeiros, sendo que os brasileiros são prepostos, procuradores dos donos. O golpe de Estado de 2016 foi a parte final, com Bolsonaro sendo mais entreguista que os outros, do período que o Brasil sinalizava em ser uma Nação independente. Nem os militares priorizam mais a soberania nacional. Os entreguistas venceram! Vamos listar alguns setores que ainda existem algumas empresas brasileiras de destaque: 1 - Agronegócio - são brasileiros mas vinculados às grandes empresas estrangeiras de alimentos, e os brasileiros não controlam a cadeia produtiva; E a BRF e outras? Estão no Brasil mas aceitam ser vendidas ou associadas aos estrangeiros, inclusive já mudaram as sedes de algumas empresas para o exterior; 2 - Imprensa - as duas principais, Folha e Rede Globo, são associados ao esquema internacional dos Estados Unidos, devendo ter alguns acordos secretos... 3 - Indústria de calçados e roupas, já não pesam tanto, e os chineses estão tomando o lugar do Brasil no mercado internacional; mineração - a Vale ainda não foi internacionalizada por não haver necessidade, está subordinada aos grandes negócios internacionais; Ia esquecendo-me dos BANCOS. No Brasil restam dois bancos nacioanis privados - Itaú e Bradesco - o resto são bancos de investimentos e dependentes da interligação da Bolsa do Brasil com a dosoutros paises. E o Banco Itaú é aliado sanguineo dos americanos. Passo a noite listando todas as áreas e não vou achar nada... Se abriu mão da soberania nacional das empresas, abriu mão também da educação, da saúde, do espaço aéreo, do solo e subsolo nacional, do transporte, e tudo que existir e for relevante economicamente. Estamos nos transformando num Panamá, Costa Rica, Colômbia, entre outros.... Se tentar reagir, tentarão nos transformar numa Argentina. País extraordinário, povo maravilhoso, mas que travou desde a segunda guerra mundial e não conseguiu e nem consegue sair do impasse histórico: Como ser peronista e conseguir fazer da Argentina um país competitivo internacionalmente? Hoje, os jornais publicam artigos ainda mais esquizofrênicos... 1 - Petrobrás sai de vez da BR com mais de 11,3 bilhões...Quem serão os compradores? árabes, Shell, Itaús, Fundos americanos etc. 2 - a Petrobras já vendeu a gestora da gasodutos e o pessoal diz que o valor vago será devolvido aos compradores atraves de aluguel garantidos e que em 4 anos já terão recebidos o investimento. Igual como se deu com o Banespa na época de FHC... 3 - Seis páginas falando da CHINA e os 100 anos do Partido Comunista Chinês. A maior guerra civil da humanidade, que virou a maior revolução econômica em apenas 40 anos, deixando o Brasil no chinelo. A imprensa brasileira, que, como diz Caetano Veloso, acha feio o que não é espelho, procura menosprezar os méritos e só mostra os desméritos. 4 - Algo relevante para nossa história não econômica, foi a reportagem da Folha sobre o assédio sexual nos Foruns e Escritórios de Advocacia do Brasil. Assédio sexual e também racismo. Se com os advogados e juízes isto ainda é escandaloso, imaginem nas demais áreas... 5 - Parta finalizar, ainda temos a COPA AMÉRICA DE FUTEBOL. Preciso encerrar para assistir ao jogo da Argenitna... Mas Deus ainda gosta do Brasil, apesar dos pesares. E o impeachement está crescendo e pode acontecer o impossível: Fora Bolsonaro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário