domingo, 27 de junho de 2021

Um governo dos patrões ou do POVO?

Um governo com programa e compromisso com o povo Ou um governo subserviente ao “mercado”? Democracia com cidadania e qualidade de vida, ou democracia consentida e de obediência? Na medida que vai se consolidando a vantagem de Lula sobre os demais candidatos à presidência, os arautos do conservadorismo vão mostrando as unhas... Lula já fez um governo “paz e amor”, mantendo a economia como neoliberal, o que pressupõe o governo subserviente ao “mercado”, e, mesmo facilitando horrores para banqueiros, latifundiários, imprensa e empresários ganharem muito dinheiro, estes setores organizaram e deram o golpe de Estado contra Dilma e o PT. Democracia pressupõe o respeito à maioria e às minorias. Os governos e a infraestrutura do Estado devem estar à serviço do povo, como prioridade, em vez de estar à serviço de empresários ou corporações deixando o povo em segundo lugar . As prioridades econômicas, políticas e sociais do governo Lula devem ser: 1 – garantir vacinas para todas as idades e para todas as regiões do Brasil; 2 – intensificar políticas preventivas contra vírus; 3 – monitorar o retorno às aulas, protegendo os alunos, os professores e os profissionais de retaguarda; 4 – monitorar a volta aos locais de trabalho, e o uso dos espaços; 5 – estimular a retomada do crescimento econômico, com geração de trabalho e renda; 6 – estimular as exportações, como forma de conseguir superávit na balança comercial; 7 – investir em infraestrutura para integrar as redes de produção e comercialização; 8 – além de apoiar o agronegócio, ampliar a agricultura familiar e a economia solidária; 9 – garantir o acesso ao sistema financeiro em todos os municípios brasileiros; 10 – apoiar, treinar e fiscalizar os projetos ambientais, principalmente na Amazônia; 11 – estimular e incentivar a inclusão de pessoas negras e de mulheres; 12- estimular e incentivar a cultura, o esporte e o lazer; 13 – estimular o trabalho em redes, com planejamento e metas em todos os níveis. 14 – Todas as prioridades acima serão executadas sob a teoria econômica de mercado e na concepção desenvolvimentista e voltadas para todos os estados, municípios e segmentos sociais. 15 – Nesta visão de Estado de bem estar social, inclui a responsabilidade do judiciário, da mídia, das escolas e instituições religiosas e sociais. Todos devem ajudar a implementar a vontade do povo, expressa nas urnas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário