domingo, 20 de junho de 2021

Economia, religião e eleições

1 - Netanyahu perde a maioria em Israel e perde o poder. Cansaço de guerra permanente; 2 - Economia estagnada no Irã, somada a estupidez na relação dos Estados Unidos com Irã, fortalece os setores conservadores; 3 - Grosserias de Trump em relação a pandemia e as milhares de mortes, levaram-no à derrota eleitoral; 4 - No Peru, população elege alguém novo e mais ousado na defesa das necessidades do povo, principalmente o combate ao virus e a pandemia; 5 - Países conservadores do Leste Europeu, já não conseguem manter o poder somente com o voto do povo; 6 - Nem Putin está seguro da sua vitória na Rússia... O que está acontecendo no mundo, além da pandemia? O sintoma mais forte é de exaustão do modelo neoliberal da economia. A destrução do Estado como protetor da maioria da população, também conhecido como Estado do Bem Estar Social, com a privatização de tudo, levou os países e o povo em geral a perder poder de compra, perder qualidade de vida e, principalmente, perder a fé no futuro. Na ausência da confiança nos partidos políticos, o povo tem procurado as igrejas e as religiões. Se a ciência não resolve, busca-se Deus como provedor... Na Rússia são os cristãos ortodoxos, em Israel são os judeus ortodoxos, no Irã, que teve agora o menor índice de comparecimento para votar, cresceu o conservadorismo religioso, nos Estados Unidos, a direita voltou a crescer e a ameaçar a democracia, No Peru, a maioria é de índios e estes têm suas religiões... No Brasil, a direita, que sempre utilizou-se de golpes de Estados para presevar-se no poder, vive mais uma vez o mesmo dilema: aceita a vitória de Lula ou dá outro golpe de Estado para não deixar Lula vencer as eleições? A direita vem usando os religiosos pentecostais, com seus valores conservadores e sua militância em todo território nacional, como forma de se tentar impedir a vitória de Lula. Este, que não é besta, já vem fazendo reuniões com líderes pentecostais, mostrando que no seu governo anterior, os religiosos tinham muito mais dinheiro, salário, benefícios diretos e indiretos, melhorando substancialmente a qualidade de vida do povo mais pobre e, consequentemente, dos pentecostais, aumentando o dízimo e o dinheiro para as Igrejas. Política sem melhoria da qualidade de vida não enxe a barriga de ninguém. Não á voto onde não há trabalho, emprego, saúde e educação. O governo Bolsonaro, que é o governo onde os pentecostais tiveram mais acesso aos cargos públicos, já não consegue manter o poder de compra dos crentes. A inflação está subindo e perdendo o controle, o desemprego leva a população à fome e ao desespero, inclusive a não pagar dízimos, o dólar continua no patamar de 5,00 reais, inviabilizando a economia, faltam componentes para a índústria produzir e falta mercadoria nas lojas. E os juros bancários estão subindo novamente. Élio Gaspari, jornalista da Folha, diz que foi Lula que possibilitou o surgimento do governo Bolsonaro e que vai ser Bolsonaro que vai viabilizar o retorno de Lula ao governo. Uma provocação jornalística que esconde a responsabilidade que é de todo mundo. Lula foi o melhor presidente que o Brasil já teve. Lula errou quando apoiou a reeleição de Dilma. Mas, tanto o PT como os dez partidos que apoiaram a decisão do PT em manter Dilma no segundo mandato, também erraram. E quem mais errou foi a direita, quando organizou o golpe de Estado contra Dilma, o PT e o próprio Lula. Nos dois mandatos de Lula a econmia cresceu, todo mundo ganhou dinheiro e o Brasil ganhou prestígio internacinal. Lula dialoga com todo mundo, respeita todas as religiões e partidos políticos. Lua é o melhor símbolo de unidade com responsabilidade que o Brasil já teve. Com Lula, a economia vai voltar a crescer e beneficiar todos os setores da sociedade. Com Lula, os crentes vão voltar a ter dinheiro para pagar dízimos e erguerem novas igrejas. Com Lula, vamos voltar a ter empregos e melhores salários. Com fé, esperança e amor, além do combate ao virus assassino, teremos vacina para todo o povo brasileiro, teremos mais paz e mais solidariedade. Com Lula, vamos voltar a proteger os povos indígenas e proteger a Amazônia. Sem medo de ser feliz. Chega de terrorismo e de chantagem da direita. Lula nunca foi comunista, terrorista de direita é quem acusa Lula de radical. Lula é paz e amaor, com respeito e compreensão. E, para comemorar as manifestações deste sábado, vai um grande abraço para nosso querido CHICO BUARQUE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário