domingo, 2 de maio de 2021

A vida não pode ser apenas on line

A vida não pode ser apenas on line Um primeiro de maio on lne... Um dia das mães on line... Um aniversário de um amigo on line... Reuniões somente on line... Até os enterros dos parentes e amigos, são on line... Tudo bem que precisamos tomar cuidado com o vírus. Mas, a vida on line está insuportável. Da janela do nosso apartamento vemos as pessoas passeando com suas máscaras e seus cachorros. Mesmo com o belo sol de outono, Por causa do on line, também fica chato. Até algumas flores estão morrendo. Tem coisas bonitas on line O nosso pai, com seus 97 anos em agosto, Com as cuidadoras que nos divertem, on line. A nossa sobrinha que mora em Paris E manda flores especiais, on line, para a mãe que mora em Lins-SP. As lives onde você encontra gente de todas partes do mundo; As histórias e filmes sobre tantas coisas tão bonitas, on line. Mas, sou do tempo em que Bethânia cantava: A tua presença, Entra pelos sete buracos da minha cabeça, a tua presença... Ultimamente eu tenho telefonado para alguns amigos Somente para ouvir a voz, Para mostrar que apenas ler uma mensagem Não é suficiente. É importante sentir as emoções e o brilho do olhar. No próximo dia 9 de maio, teremos um dia das mães on line. Nossa mãe completaria 98 anos de existência. Uma mãe, que mesmo não tendo escolaridade, Escreveu em seu diário, a vida de cada filho e, sem saber, Escrevia a História do Brasil. Quando a pandemia acabar, vamos fazer encontros ao vivo para sentir que estamos vivos e para homenagear os que se foram E aí o on line vai ser muito importante. Porque ficou tudo gravado, tudo on live. Esta modernidade é tão difícil de ser compreendida. Mas é bonita quando vemos os velhinhos ou as crianças Fazendo reuniões on line. E vamos fazer o almoço de domingo, Este não pode ser on line, nem com muita gente. Mas tem um sabor especial, Com a devida distância, por causa do vírus... E já são mais de 406 mil mortes, E estas não são on line... Estas pessoas, vítimas do vírus, Não podem ser esquecidas Elas já fazem parte da nossa história Como faz parte o governo genocida. Este não é on line.

Nenhum comentário:

Postar um comentário