segunda-feira, 5 de abril de 2021

Até quando aceitaremos estas mortes?

Até quando aceitaremos estas mortes? Pela manhã, recebemos o aviso da morte de um companheiro (Ely), ficamos transtornados. À tarde, recebemos o aviso da morte de um diretor do nosso Sindicato, funcionário do Itaú e ainda jovem. Uma tristeza imensa toma conta da gente. O presidente da República não gosta de ser chamado de GENOCIDA. Mas, o quê ele é, se não faz nada para vacinar todo mundo e para ajudar os que são contaminados? Em qualquer lugar, qualquer empresa e em qualquer governo, ante tanta incompetência e omissão, a primeira media é AFASTAR O RESPONSÁVEL. Até quando aceitaremos tantas mortes? Cadê a ira Paulista? Cadê a ira Nacional? Deus só ajuda a quem labuta. Ou fazemos algo já, ou morreremos todos. Intervenção da ONU/OMS e dos países que têm vergonha na cara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário