sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Eleições municipais estão melhorando o clima no Brasil

O silêncio de Trump e Bolsonaro e as eleições no Brasil A disputa eleitoral ainda é menos traumática que as guerras bélicas. Trump perdeu a eleição e o mundo parou de ouvir provocações baratas do presidente americano. Depois de Trump e das eleições municipais, foi a vez de Bolsonaro recolher-se e deixar o país viver um segundo turno mais tranquilo. O mundo, com o vírus, vive um momento de muita insegurança, muita incerteza. Nestes momentos, as pessoas precisam ter calma, paciência, cuidar de si e dos demais, contribuindo para a doença não se espalhar e matar mais gente do que o necessário. Precisamos pacificar o Brasil, ajudar a retomar a economia e o crescimento econômico como forma de gerar trabalho, emprego e renda. A postura belicista, de querer brigar com todo mundo é muito perigosa. É só ver o caso do Azerbaijão com os armênios. Morreram milhares de pessoas, destruíram casas, igrejas e escolas. Agora estão expulsando moradores. As feridas da região dos Bálcãs voltam cada vez que uma cidade, um povo ou um país parte para nova guerra em busca de um passado que não volta mais. A paz deve ser condição indispensável para um país receber ajuda dos países ricos e democráticos. Pão, paz, terra, educação, saúde e liberdade são tão importantes quanto o oxigênio e a comida. Que cada um faça a sua parte. Paz na Terra às pessoas de boa vontade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário