sábado, 24 de outubro de 2020

Agora a contagem regressiva é mais rápida. Faltam somente 10 dias para Trumper perder

Parece filme: o mundo acompanha a contagem regressiva 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1... Simples como o lançamento de um foguete à Lua. Já tivemos os 10 dias que abalaram o mudo, de John Reed, sobre a Revolução Russa, e agora temos os dez dias que vai ter grande importância no futuro da humanidade. Os americanos vão decidir se preferem caminhar juntos ou se preferem o salve-se quem puder. A história está cheia de exemplos de momentos em que as pessoas fizeram diferença: Julio Cesar e o império romano, os bárbaros que derrotaram os romanos e expandiram as fronteiras e os impérios. Os muçulmanos com seus califas que romperam fronteiras e controlaram o Mediterrâneo. Saladim, Maomé e seus discípulos... A descoberta da América que mudou a alimentação e o centro do mundo... Cristovão Colombo e os espanhois. A Reforma Protestante e o espírito capitalista... O Renascimento italiano, a industrialização e o império inglês. A Revolução Francesa e a importãncia de Napoleão e Nelson. A ocpuação dos continentes e a divisão da África. Os Estados Unidos substitui a Inglaterra como império maior. A Rússia com seus czares e seus comunistas heterodoxos... A rebeldia alemã e sua máquina de guerras. A Alemanha, de Merckel, descobre a força da democracia. O século da Ásia, previsto por Marx, assusta os conservadores americanos. Um botão pode destruir a Terra, um outro botão, que confirma o voto, pode levar o mundo a mais liberdade, mais emprego, mais solidariedade... A singularidade do mundo está na sua diversidade... Vamos construir este Novo Mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário