quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Faltando 41 dias para perder eleições Trump faz baixarias na ONU

Trump quer transformar a China em bode expiatório A China compete com os Estados Unidos atualmente porque teve desde o grande acordo com Nixon e Kissiger onde ficou garantido o apoio dos Estados Unidos à China,principalmente se a China fosse atacada ou invadida pela União Soviética na época. A China sempre mostrou gratidão aos americanos e sempre honrou seus compromissos. O movimento sindical americano e internacional sempre deixaram claro que a concorrência entre o modelo fechado da China com produção intensiva e preços baixos, levaria ao desemprego na Europa e nos Estados Unidos. Os governos nunca levaram em consideração as ponderações dos trabalhadores, agora a China já é a segunda economia do mundo e logo logos será a primeira. Não adianta Trump dizer na ONU que a China infectou o mundo, e a OMS não fez nada contra isso. Duas mentiras de Trump. Já prevendo a derrota eleitoral, Trump agora fala em nova era de prosperidade, cooperação e paz. Agora é tarde, faltam apenas 41 dias, pouco mais de um mês. Logo, logo, o mundo ficará livre de Trump, e mais tarde ficará livre de Bolsonaro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário