sexta-feira, 31 de julho de 2020

Os empresários preferem o bolsonarismo

Os trabalhadores preferem o lulismo

E, se os trabalhadores preferirem o bolsonarismo?
O PSDB, os empresários, a Globo, e a Folha vão deixar?

Estão criando um monstro no Brasil.

Algo contraditório mas que serve para os oportunistas, mesmo que isto signifique uma contradição brutal. Afinal, já deu certo em alguns países...

Que Bolsonaro é louco, todos já sabem.

No entanto, quem pensava que Bolsonaro fosse manipulável, como muitos governantes são, aí está outro engano. O que quer Bolsonaro? Ficar rico como muitos políticos ficaram? Entrar para a história como um pretenso bom presidente? Ou é apenas um pragmático, vaidoso, sem princípios, mas com grande senso de oportunidade? Talvez, de tudo isto ele tenha um pouquinho.

Até porque:

- Jânio Quadros, não conseguiu ser reconduzido à presidência, depois da sua renúncia golpista;

- Fernando Henrique não conseguiu ser reconhecido como "o pai dos pobres", depois de ter feito o Real e ter sustado o processo inflacionário;

- Lula, não conseguiu o apoio das elites empresariais nacional para evitar o golpe contra Dilma e o PT, mesmo sendo reconhecido como o melhor presidente que o Brasil já teve, melhor inclusive que Getúlio Vargas;

- Dilma, que perdeu o mandato e o apoio social, mesmo tendo a menor taxa de desemprego dos últimos tempos no Brasil;

O pragmatismo brasileiro sempre levou o país a ser retardatário nas mudanças estruturais e revolucionárias...

No Brasil não faz Revoluções, No Brasil têm golpes, levantes, rebeliões, messianismo, etc. Mas, Revolução como a Francesa, ou a Guerra civil americana, ou ainda guerras como a de Crommwel na Inglaterra, ou mesmo as revoluções na América Latina... O brasileiro era cordial, e talvez ainda seja...

Inventaram o Lava Jato para derrubar o PT do governo e para impedir que Lula se recandidatasse à presidência. Deram o golpe de Estado, com amplo apoio dos conservadores e da classe média. Uma boa parcela dos pobres também aceitou o golpe de 2016.

Da mesma forma que os golpistas da Bolívia podem perder as eleições de lá, aqui no Brasil, para que não perdessem as eleições de 1018, foi fundamental terem impedido Lula de ser candidato. Caso contrário, ele ganharia no primeiro turno.

Qual a condição para o PT não ganhar a próxima eleição?

Aplicar a heterodoxia econômica e social. Botar dinheiro na mão do povão... Isto é, Lula criou o Bolso Família, o Luz para todos, mais escolas e universidades, estimulou o consumo e até as viagens internacionais... Os brasileiros pareciam os argentinos. Sentiam-se classe média.

Constatando que Bolsonaro está fazendo o que prometera para os empresários:

- destruindo a legislação trabalhista, tirando a força dos sindicatos, mantendo os evangélicos pentecostais como braço político junto aos pobres, facilitando a destruição da Amazônia, enfraquecendo a Justiça do Trabalho, enquadrando o judiciário e a imprensa. Está inclusive DESTRUINDO a Soberania Nacional e a imagem internacional...

- a contrapartida para que o povo possa votar em Bolsonaro e suas loucuras, é manter os 600 reais por mês de "auxilio emergência" em função da pandemia. Quando não houver mais motivo de se manter o "auxilio emergência", eles o substituirão pelo PROJETO BRASIL. Mantendo os 600,00 até as eleições de 2022. Depois de reeleito, Deus sabe o que continua...

De onde virá o dinheiro, se o volume é imenso, ainda mais que a recessão econômica aumenta assustadoramente o desemprego?

Os neoliberais, fascistas, oportunistas e mercenários, que simplesmente preferem ser chamados de conservadores, aceitarão o gesto heterodoxo, alegando que o importante são as mudanças modernizadoras que o Brasil vem passando. Que o importante é não perder as eleições. Lembra disto?

O importante é a economia, estúpido! Já diziam os economistas pragmáticos e oportunistas...

- Sarney fez isto no Plano Cruzado e ganhou de ponta a ponta;
- FHC fez isto com o Plano Real, até mudou a Constituição e foi reeleito. Depois mudou as regras e o povo ficou coma broxa na mão.

Sarney (PMDB) e FHC (PSDB) fizeram manipulação eleitoral sem golpe de Estado.

Para que não haja mais outro golpe de Estado, para os empresários e a direita em geral, se o Projeto Brasil consumir bilhões de reais, estourando os tetos das metas, será pelo "Bem do Povo e do Brasil!". E quem é que vai dizer que está errado? Afinal, os brasileiros sempre confundiram o que é público e o que é privado....

O DEM e o PMDB já combinaram o jogo. Provavelmente Bolsonaro também já combinou o jogo. Os empresários estão implementando o jogo, a imprensa também já da sinais de aceitação do jogo.

Quem está ficando fora do jogo? - O PSDB, o PT e as esquerdas em geral.

Só falta combinar com o Povo... Como já dizia o velho Garrincha.

O significado do Lulismo pode ter uma simbologia de dignidade, que o bolsonarismo não tem.

Como dizia Weber com o protestantismo e o espírito do capitalismo. Era o espírito do tempo.

Talvez, entre o capitalismo colonial e serviçal da elite brasileria, e a simplicidade de Lula em defender a melhoria da qualidade de vida nacional com o apoio internacional, a maioria do povo ainda prefira viver com Lula e sem medo de ser feliz.

Só o tempo dirá...

Nenhum comentário:

Postar um comentário