quinta-feira, 11 de junho de 2020

Objetivos das Guerras - Alemanha na 1a. guerra mundial

O que faz um país querer destruir outro?

Depois de passar meses lendo os dois volumes, com mais de mil páginas, das memórias de Churchill, onde o demônio está personificado na pessoa de Hitler, tendo o nazismo como a personificação das ambições de um povo, mais do que de um país, sempre eu pensava que tinha que voltar a estudar a primeira guerra mundial, para tentar entender melhor quais foram os motivos da guerra.

Com a pandemia e a quarentena tive mais tempo para ler os quatro volumes, com quase mil páginas, da História da Primeira Guerra Mundial - 1914 - 1918, de autoria do professor inglês David Stevenson.

Se Churchill dá um caráter épico à guerra de resistência à barbárie alemã, contagiando o leitor e, de certa forma minimizando o tamanho da destruição causada pela guerra, já os volumes de Stevenson sobre a primeira guerra, mostram documentos e relatos que deixam o leitor transtornado com a capacidade de destruição humana. Aqui não existe ainda nem um lider acima dos demais, nem um partido ou projeto nazista de extermínio de um povo.

Na primeira guerra, os dois lados usam armas químicas, os dois lados usam lança-chamas, os dois lados não estão preocupados com a quantidade de mortos e feridos. Todos têm como prioridade ganhar a guerra, ou não perdê-la. Mas, a sensação que ficamos é que todos perdemos com a primeira guerra mundial. E vamos repetir o perde-perde também na segunda guerra...

Entre os quatro volumes, o segundo tem vasto capítulo sobre OS OBJETIVOS DA GUERRA. Mostrando resumidamente quais eram os objetivos de cada país envolvido.

Como foi a Alemanha que começou a guerra e também por o mais forte beligerante individual, combinado com a capacidade de botar toda a economia e todo o povo alemão envolvidos diretamente com a guerra, vou começar mostrando o que a maioria dos livros de história não mostram:

A VONTADE DE DESTRUIR O OUTRO, SUBJUGÁ-LO E TORNÁ-LO SEU DEPENDENTE.

O outro aqui tanto faz ser um país, um povo ou pessoas.

Vou transcrever trecos do volume 2, capítulo "Os Objetivos da Guerra".

Página 54 - A base para toda a pesquisa subsequente sobre seus objetivos foi o estudo de Fritz Fischer - Os objetivos da Alemanha na Primeira Guerra Mundial, publicado em 1961.

Fritz interpretou os objetivos alemães como UM DESEJO AMBICIOSO E AGRESSIVO DE ESTABILIZAR A MONARQUIA DOS HOHENZOLLERN E CONSOLIDAR O STATUS DE POTÊNCIAL MUNDIAL.

A exposição central das intenções alemãs foi o Programa de Setembro, em 09 de setembro de 1914, que estabeleceu o modelo para os objetivos de guerra nos quatro anos seguintes.

1 - O objetivo geral da guerra era a segurança para o Reich alemão no Oeste e no Leste POR TODO O TEMPO IMAGINÁVEL

2 - para isto, a RÚSSIA deve ser afastada o máximo possível da fronteira alemã oriental, e seu domínio sobre povos vassalos não russos interrompido.

3 - A FRANÇA DEVE SER ENFRAQUECIDA de modo a tornar sua reabilitação como grande potência IMPOSSIVEL PARA TODO O SEMPRE.

4 - As anexações pretendidas na Europa Ocidental eram limitadas a Luxemburgo, Liège e Antiuérpia, as reservas de minério de ferro de Briey, pertencentes à França, as montanhas Vosges Ocidentais e possivelmente a costa da Mancha em torno de Dunquerque e Boulogne.

5 - Em vez de ANEXAR, a FORÇA ECONÔMICA ALEMÃ seria o principal instrumento de CONTROLE POLÍTICO.

6 - A França seria enfraquecida por uma indenização paralisante e por um TRATADO COMERCIAL que a tornaria ECONOMICAMENTE DEPENDENTE DA ALEMANHA.

7 - A BÉLGICA se tornaria um ESTADO VASSALO, sob ocupação militar e economicamente uma província alemã, enquanto uma ASSOCIAÇÃO DE ADUANAS CENTRO-EUROPEIAS, incluindo a França e a Escandinávia, estabilizaria o domínio econômico sobre sejs membros.

Para não ficar muito longo, vou deixar o que a Alemanha queria da Inglaterra e outros países para outro dia.

Dá para imaginar o que era política e guerras naquele tempo?

E ainda vemos um monte de loucos falando em guerras, como se a guerra fosse algo simples...

Nenhum comentário:

Postar um comentário