quarta-feira, 6 de maio de 2020

E o virus matou o pai de Tati

A dor da morte de um ente querido é jogo duro...

É claro que ficamos tristes quando uma personalidade morre, como foi o caso de Aldir Blanc e tantos outros...

Mas, quando um dos 600 que morreram ontem pode ser o pai de Tati, aí sofremos muito mais.

Por um lado pelo fato de o governo ter coragem de apresentar uma lista de 600 mortes...

Por outro, é saber que o pai de Tati faleceu, vítima do virus invisível, internado numa hospital de campanha instalado no Anhembi..

Tati, trabalhou muitos anos na CUT, primeiro na CUT-SP, depois foi o Sindicato dos Bancários de São Paulo e depois veio para a CUT nacional. Jornalista brilhante, foi uma das responsáveis pelo Blog "os amigos de Lula" onde escrevia reportagens e textos maravilhosos...

Tati, além de jornalista, é jovem, casada e uma pessoa agradabilíssima, apesar de sonhar que vai resolver os problemas do mundo, mas está aprendendo que o pouco que ela faz é muito perto do que a maioria faz, ou deixa de fazer...

O duro é que o virus pegou o pai de Tati, mas também pegou a mãe e o irmão... Isto em São Paulo. O irmão e a mãe voltaram para casa... já o pai, foi para o Céu juntamente com os milhares de brasileiros e de todos os países.

A CUT está fechada em Quarentena, os amigos e parentes não podem ir ao velório nem ao enterro do pai de Taiti. Apenas nos falamos por telefone ou por mensagens...

A guerra é assim, quantos milhares de combatentes são enterrados em países distantes, ou jogados ao mar, se estiverem em navios ou barcos...

Que merda! Falar da morte é sempre muito triste...

Tati bem que merece um grande abraço, o apoio de todos os amigos e colegas... Mas, isto vai passar... e poderemos nos encontrar pessoalmente, para comemorar os aniversários, dar abra;os de lutos e de solidariedade, para mostrar a todos que pessoas como Tati não sofrem em vão. Elas fazem parte da nova vida e estão no nosso coração.

Como dizia "João Ferrador", o mascote dos metalúrgicos de São Bernardo: "Hoje eu não tou bom..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário