sexta-feira, 24 de abril de 2020

Até o Moro resolveu bater no Bolsonaro...

Virus provoca Abstinência e leva o Brasil à loucura

O Satanás está solto. Ninguém entende ninguém.

Moro chutou o pau da barraca e liberou os demônios contra Bolsonaro.

E se um resolver contar tudo que sabe do outro? Como fica?

E a turma do "deixa disso", vai deixar correr solto ou vai tentar segurar as coisas?

A culpa disto tudo é, em primeiro lugar, do Virus, depois vem esta tal de quarentena, que obriga as pessoas a ficar dentro de casa dividindo espaço com gato, cachorro, família, televisão e celulares... Resultado: ninguém aguenta mais ninguém.

Estão dizendo que Moro fez isso porque é candidato a presidente em 2022.

Será que em 2022 estaremos todos vivos? Ou, até lá vai, além de conviver com o virus atual, vai aparecer a tal da Segunda Onda do Virus que dizem que é bem pior do que a primeira?

Ah, Carmen Miranda, quer dizer que andam dizendo por aí que o mundo vai se acabar?

E que o Satanás anda solto? Que, em plena quarentena, os canais de TVs passam filmes com sexo de todo jeito em qualquer horário? E dizem que é virtual? Que é muito natural...

Agora cresce a discussão sobre o impeachment de Bolsonaro.

Que ele merece ser impeachado, bem que merece.. Mas esta história de em cinco eleições presidenciais, você derrubar três presidentes é muito esquisito. Por que a cada campanha de impeachment o Brasil para e o povo sai perdendo...

O diabo é que Bolsonaro é louco, é teimoso, é desaforado, é chato, não protege os amigos, só quer proteger os filhos e aí os amigos vão virando inimigos, os aliados sérios vão saindo de mansinho e até os milicianos ficam assustados com tanta confusão.

Talvez o melhor para o momento seja, botar o Bolsonaro em quarentena, fechado, sem poder trabalhar ou atrapalhar ninguém, e forma uma comissão responsável por administrar o Brasil e combater o virus. Bota o homem em "licença médica" por tempo indeterminado. Pronto, ninguém pode dizer que ele foi empichado, mantém as aparências, Mourão assume, como interino, mas governa em conjunto com os ministros, os dirigentes das instituições e ouvindo a sociedade...

E enquanto Bolsonaro vai para quarentena, os governadores e os prefeitos combinam com os empresários, os trabalhadores e o judiciário uma proposta de abertura do comércio, da indústria e dos serviços em geral. Tudo lento e gradualmente, fazendo-se avaliações cidade por cidade, bairro por bairro...

Quando estamos falando de gente, é melhor errar juntos é melhor do que se acertar sozinho.

Este negócio de "salvadores da pátria" não tem dado certo.

A minha gente hoje anda falando de rádio e olhando pro céu...

Amanhã vai ser outro dia...

Ou, pode ser outro dia... Depende de cada um de nós. Faça parte!




Nenhum comentário:

Postar um comentário