segunda-feira, 9 de março de 2020

Passeata das mulheres, dólar dispara, Bolsas entram em pânico

Está mais para 1929 do que para 2008

Por ironia do destino, o mundo atual está parecendo o período entre as duas guerras mundiais, no século passado - sec. XX.

As mulheres, de forma colorida e alegre, mostraram ao mundo que o machismo é nocivo e que precisamos democratizar os poderes, exigindo pluralidades de sexo, de etnias, de política, de cultura e religiões.

A epidemia que começou na China está deixando a Itália doidinha, dezenas de mortos, centenas e milhares de contaminados e o risco de se espalhar mais ainda por todas as regiões da Terra. Oremos, nos unamos e vamos juntar recuperar a saúde e a boa vontade entre as pessoas, os governos, as empresas e as demais instituições.

A Arábia Saudita chutou o pau da barraca e forçou a baixa do petróleo, levando junto à queda das Bolsas de Valores e a paralisia da economia no mundo....

O pânico espalha-se silenciosamente...

O Brasil, que já viveu experiências positivas com Fernando Henrique e Lula na presidência da República ajudando a acalmar o mundo, agora o Brasil é presidido por um louco desestabilizador da política e da sociedade.

O mundo está cheio de Neros querendo botar fogo em tudo.
Já que são incapazes de governar, tentam acabar com as cidades e países.

E os Neros e Napoleões vão aparecendo nos ministérios, nos governos estaduais, nas cidades, nas rádios, jornais e TVs...

Os Neros e Napoleões também gostam de aparecer nas polícias militares, nas Igrejas e nos tribunais...

Oremos e, juntos, vamos voltar a conversar entre nós, vamos reconstruir nossos diálogos e nossa solidariedade. O mundo não pode ser destruído por estes loucos.

Que surjam milhares de Fernandas Montenegro, milhares de Drauzios Varella, milhares de adolescentes e crianças que sorriam e vão para as praças se abraçar e reconstruir a paz perdida.

Em 2021, Dom Paulo Evaristo Arns estaria completando 100 anos.

Vamos reconstruir o Brasil para todos, com todos e de todos. Vamos homenagear Dom Paulo.

Vamos preparar uma Campanha da Fraternidade, lembrando Dom Paulo e todos os religiosos que defenderam e defendem a Liberdade e a Fraternidade.

Contra o ódio e a violência, vamos pregar o amor e a solidariedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário