sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

China cresce, USA patina e Brasil padece

China cresce 6%;

Estados Unidos recua na produção industrial

e Brasil constata desmonte do setor industrial

O povo padece procurando emprego, reclamando do custo de vida, da saúde caríssima, com plano de saúde que mata de susto os pacientes, o povo continua com medo dos assaltantes, dos bandidos e de alguns policiais...

O Brasil está com medo...

E temos eleições municipais em mais de cinco mil municípios. Quem tiver mais dinheiro elege mais gente. Gente que vai apoiar os latifundiários, gente que vai apoiar os incendiários da Amazônia, gente que mata agricultores e sindicalistas, gente que vai aprovar os projetos de leis que defendem os interesses dos patrões...

E temos as eleições nos Estados Unidos...

Uma outra mulher é candidata contra Trump, mas também pode ser um homem do partido democrata, contra Trump que é republicano, que também gosta de mandar matar gente, invadir países e não cumprir acordos.

Manda quem pode e obedece quem tem juízo???

Onde fica a Democracia?
E a liberdade de os países escolherem seus caminhos democraticamente?


Enquanto o mundo se perde em guerras e em eleições, a China trabalha como as formiguinhas...
Nem só de pão vive o homem, mas ninguém consegue sobreviver sem ele. Sem emprego, trabalho e renda ninguém sobrevive. Sem escolaridade de qualidade não há modernização nem competitividade internacional.

A China está ocupando todos os espaços econômicos internacionais. Seus produtos têm preços e isenções tributárias que concorrem com todos os países, promovendo uma espécie de dumping mundial. Enquanto os Estados Unidos gastam bilhões de dólares por ano em guerras inúteis, enquanto a Rússia se credencia como alternativa militar aos Estados Unidos, a China se credencia como provedora do mundo, sem falar em política, sem fazer guerra militar, nem pregar o fim do mundo...

Vamos nos unir para refletir sobre estas questões acima...
Vamos resistir à destruição da Terra, das águas e dos animais.

A Terra é nossa Pátria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário