quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Vida cara e Natal caro

Inflação na Argentina chegou a 50%

Dizem que a inflação brasileira é de 2,5%.

Ou há exagero na Argentina e no Brasil o governo está mentindo e contando com cumplicidade da imprensa.

O custo de vida no Brasil está um roubo. Os preços no Natal estão escandalosos. O que o povo fez? ENDIVIDOU-SE.

Quando chegar fevereiro e março os títulos protestados aumentarão e o endividamento levará a mais retração...

Aproveitando o clima do Natal onde há mais tolerância e compreensão, devemos ouvir mais as pessoas e também recomendar mais cautela.

Precisamos construir soluções solidárias tanto no Brasil como na Argentina. O governo argentino é mais flexível que o atual governo brasileiro.

Nos próximos dias, superando as emoções das festas de Ano Novo, recomenda-se que se reserve uma tarde para anotar todas as despesas e todas as receitas. Identificar as mais fáceis de renegociar, alongando os prazos de pagamentos e negociar, negociar e negociar.

Vivemos momentos de negociações com respeito às regras ou renegociando às regras além de formular novas regras para recompor as dívidas.

Jesus mandava perdoar setenta vezes sete, mas, quando envolve dinheiro e dívidas, recomenda-respeito mútuo e mais respeito...

Com os erros, também se aprende.

Nenhum comentário:

Postar um comentário