terça-feira, 5 de novembro de 2019

Mais de 700 mil acessos. Uma proeza.

Mesmo sem saber "editar", o blog sobrevive

No começo foi uma brincadeira do pessoal de Formação do Sindicato dos Bancários. Eles apresentaram-me o blog e pediram-me para contar os casos e causos que vivi nestes 40 ou 50 anos de vida política e social. Confesso que não acreditei que fosse dar certo.

Começou com pouca gente acessando, foi crescendo... Depois meu irmão(Dema)acrescentou o tradutor e o blog passou a ser internacional. O tempo foi passando e os números subindo. Aí, numa das eleições americanas meu blog sumiu. Fui travado pelos conservadores e as forças ocultas. Precisei mudar o provedor para continuar existindo...

A maior fase de leitura deste blog foi noticiando sobre a possível venda do Santander-Brasil. Foi uma guerra!

A guerra veio para o sistema facebook. Fizeram algo que dificulta o acesso e eu vi meus leitores diminuirem, sem saber como. O Face começou a impor restrições... Mesmo assim os acessos continuaram subindo e neste final de semana, finalmente passou de 700.000!

Mais de 700 mil acessos!!!!


Para bater este record tive muita ajuda das forças ocultas.

De vez em quando, quando o clima mundial fica pesado ou quando as guerras voltam, os Estados Unidos resolvem dar uma olhada nas minhas mensagens e aí o facebook não pode bloquear, deixando os mais de cinco mil acessos acontecerem. É como se os gringos estivessem copiando meus textos e mensagens. Serei eu um terrorista? Um potencial escritor? Um amigo ou um inimigo dos Estados Unidos? Ou de Israel?

Vou tentar ter uma aulas de edição de textos, de mensagens e de fotografias. Quero incluir as flores e as músicas. Espero também ter mais tempo disponível para organizar textos mais longos que pretendo editá-los em livros temáticos para que os jovens e profissionais da área possam usá-los como material informativo e didático.

Mesmo "o big brother" podendo copiar tudo que a gente faça, ainda preservamos nossos sentimentos e nossas emoções. E ainda tenho 30 anos de vida pela frente, o que possibilita escrever e contar muitos casos e muitas histórias...

Nenhum comentário:

Postar um comentário