segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Congresso da CUT elege direção

Vagner Freitas agora é Vice-Presidente

Sergio Nobre, ex-presidente dos metalúrgicos do ABC, é o novo presidente

Outra novidade que merece destaque foi a eleição de uma mulher, negra, trabalhadora rural e da Amazônia, como Secretária Geral. Carmen Foro, sindicalista do Pará, com longa experiência na CUT nacional e internacional, é a nova secretária geral.

Qual foi a melhor marca deixada nos dois mandatos do bancário Vagner Freitas?

Vagner, bancário do Bradesco, ex-presidente da Contraf-CUT, mostrou-se uma liderança bastante desenvolta, tendo a coragem de priorizar a luta contra o golpe de Estado em 2016. a campanha "Não vai ter golpe", mobilizou o Brasil e os amigos da CUT em todos os continentes,

De forma brilhante, Vagner Freitas ajudou na mobilização nacional pela eleição da primeira mulher para presidente do Brasil. O governo Dilma Roussef teve na CUT uma grande aliada para todos os momentos.

Realizado o golpe de Estado contra o governo Dilma-PT;

1 - Vagner continuou tendo destaque na defesa dos direitos da classe trabalhadora, na defesa da democracia e no Estado de Direito. O substituto ilegal e ilegítimo de Dilma Roussef, Michel Temer, que era vice-presidente, imediatamente prontificou-se a aliar-se aos patrões e aos governos estrangeiros, fazendo leis que prejudicavam os trabalhadores.

2 - Como parte da estratégia golpista, a direita intensificou o uso do poder judiciário, através da operação golpista Lava Jato, intensificou as prisões de petistas e o uso escandaloso do Judiciário. Prenderam até o maior líder nacional e melhor presidente que o Brasil já teve. Prenderam LULA! Mais uma vez a resistência da CUT foi marcante. Contando sempre com a liderança de Vagner Freitas.

3 - Os patrões, nacionais e internacionais, vendo que o PSDB não era capaz de impedir a vitória de um petista como Haddad, os golpistas ampliaram a frente conservadora e golpista para impedir a vitória da esquerda. A CUT, como sempre, esteve na frente das lutas. e a presença de Vagner Freitas estimulava a militância.

4 - Os golpistas elegeram o pior candidato que o Brasil poderia ter... Enganaram o povo, mentiram na Justiça, mentiram na imprensa e até nas Igrejas... O resultado é que todos perdemos, principalmente o Brasil como país soberano. Vagner Freitas esteve com Haddad e os militantes de todo o Brasil defendendo a classe trabalhadora. A CUT e os movimentos populares foram incansáveis...

5 - Com a posse dos golpistas, intensificaram a destruição do Brasil do Bem Estar Social e a intensificaram a destruição da CLT e tudo que ela representa para os trabalhadores brasileiros(as). Mais uma vez a CUT teve papel de destaque e Vagner Freitas esteve em Brasilia pressionando os parlamentares inimigos do povo.

6 - Poderia escrever páginas e páginas sobre fatos positivos de Vagner Freitas na presidência da CUT, como, por exemplo, seu papel determinante na eleição de João Felício, como presidente mundial da CSI - Central Sindical Internacional.

7 - Finalmente, Vagner Freitas, teve papel fundamental tanto na eleição de Sergio Nobre para novo presidente, como na eleição de Carmen Foro para secretária geral.

8 - Novos desafios esperam por Vagner Freitas, a começar pelas reorganização nacional e a preparação da participação do povo em geral nas eleições municipais do ano que vem.

Unidos somos muitos. Unidos somos CUT.

Boa sorte aos que ficam, aos que mudam de funções e aos que saíram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário