terça-feira, 15 de outubro de 2019

Bombas atômicas na Turquia em guerra

Forças sírias se unem aos curdos contra a Turquia

O acordo foi feito para permitir que as forças sírias assumam a segurança de áreas fronteiriças, enquanto os CURDOS mantêm o controle de instituições locais.

E se um louco apertar os botões atômicos???


Estas bombas atômicas são 17 vezes mais potentes que a bomba lança em Hiroshima, no Japão.

A base aérEa de Incirlik abriga ao menos 50 bombas atômicas, DO ARSENAL AMERICANO(!).

O Pentágono teme pela expansão do cenário de fogo.

A base em INCIRLIK fica a 360 km de Ancara, capital da Turquia, e a 60 km da fronteira com a Síria. Estas bombas atômicas foram levadas para a Turquia durante a Guerra Fria, como fator de contenção da União soviética.

Além das bombas atômicas, há cerca de 200 mísseis e dezenas de aviões de combate, mais transportadores, drones e versões de inteligência, aqueles gigantes cheios de antenas para captar, ver e ouvir informações estratégicas. Tudo operado pela Força Aérea da TURQUIA, com grande presença da aviação militar dos EUA

E Trump ainda diz que "as guerras sem fim terminaram"?????


As informações acima foram coletadas no jornal Estadão de hoje. As informações sobre as bombas estão no bom artigo do especialista Roberto Godoy.

Nenhum comentário:

Postar um comentário