quinta-feira, 19 de setembro de 2019

BR Distribuidora sob direção privatizada

O passado dos conselheiros não identifica os novos donos

Quem são os novos donos da BR Distribuidora da Petrobras?

Por que a imprensa não divulga?
Ou, será que a imprensa não sabe quem são?

Na Folha de hoje não vi nada sobre o assunto.
Também não vi no Estadão.
O Valor, como sempre, saiu na frente e na capa, de forma fria.

Por que a CVM - Comissão de Valores Mobiliares aceita esta situação?

Vejam o título que saiu no segundo caderno, página B4.

"BR escolhe novo conselho com viés profissional."

André Ramalho do Rio de Janeiro.

"Os acionistas da BR Distribuidora aprovaram ontem, em assembleia geral, o novo conselho de administração, o primeiro colegiado eleito depois da privatização da companhia, em julho deste ano. Dona de participação de 37,5% na empresa, a Petrobras indicou um terço dos conselheiros e emplacou um deles - EDY KOGUT - como novo presidente do conselho da distribuidora."

Foram eleitos nove membros:

1 - Kogut, pela diretoria da Petrobras que privatizou a BR;
2 - Alexandre Carneiro - ex-presidente da SHELL Brasil;
3 - Maria Carolina Laceerda - ex-UBS e ex Merril Lynch...

Os demais conselheiros indicados pelos novos donos:

4 - Carlos Augusto Piani - iretor da Kraft Heinz;
5 - Claudio Ely - ex-Drogasil;
6 - Leonel }Dias de Andrade Neto -ex-presidente da Smiles;
7 - Mateus Affonso Bandeira - ex-presidente do Banrisul;
8 - Pedro Ripper - conselheiro do Iguatemi Shopping Center;
9 - Ricardo Carvalho Maia - ex-diretor da Ipiranga."


A novela continua...
Vamos ver quando a imprensa levará este assunto mais a sério.





Nenhum comentário:

Postar um comentário