sábado, 18 de maio de 2019

Qual direita irá apoiar a Família Bolsonaro nas ruas

Tudo indica que será a direita evangélica

A Renascer, a Assembléia de Deus, e muitas das mais de 50 Igrejas Evangélicas que existem no Brasil, provavelmente estarão nas ruas no próximo dia 26, um domingo, apoiando abertamente a Família Bolsonaro.

As Igrejas Evangélicas são conservadoras, gostam de dinheiro, mesmo tendo como apelo principal a Fé em Jesus e no Cristianismo. As Igrejas podem se transformar em partidos políticos? NÃO. Mas seus fiéis podem criar, organizar e serem eleitos pelo povo.

O povo, inocentemente ou não, entregou o poder brasileiro pela primeira vez a um presidente da República, louco, pentecostal, militar indisciplinado e reformado, incendiário e com pouca escolaridade.

Os brasileiros, que são metidos a progressistas, saíram do armário e liberaram seu lado conservador, reacionário, preconceituoso e violento. Acontece que 70% dos brasileiros não são iguais aos evangélicos, não apoiam estas mudanças na Constituição e nas leis ordinárias.

O Brasil está caminhando rápido para um impasse: transição pacífica ou confrontos de ruas e violência como na Venezuela, Ucrânia, Palestina e tantos outros países???

Não podemos transformar os evangélicos em bodes expiatórios e responsáveis pelos erros de Bolsonaro. Tem muita gente interessada em inviabilizar o governo brasileiro, desmoralizar o judiciário e desacreditar do legislativo.

Precisamos organizar uma grande caminhada por mais empregos, mais salários, mais saúde e mais educação. Esta marcha deve incluir entre suas bandeiras as liberdades democráticas, o direito de existência dos sindicatos, a livre negociação entre patrões e empregados e o reconhecimento da Convenção 87 da OIT - Organização Internacional do Trabalho.

Unidos, devemos defender os jovens.
Unidos, devemos garantir saúde e educação para todos.

Unidos, devemos exigir mais emprego e melhores salários.
Unidos, devemos garantir aposentadoria decente para todos.

Unidos, devemos combater a alta dos preços do custo de vida.
Unidos, devemos combater as privatizações que nos desmoralizam.

Unidos, devemos defender o Brasil, suas riquezas e sua soberania.

Unidos, devemos restabelecer a imagem internacional do Brasil.
Unidos, devemos combater a violência e as mortes,

O Brasil merece respeito!
Vamos defender o povo brasileiro e a nossa soberania.

Respeitamos todas as religiões mas não queremos ser manipulados por elas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário