sexta-feira, 17 de maio de 2019

O "desmanche" do governo Bolsonaro

Quando vão destituir o presidente?

A cada dia que passa, só piora a imagem do Brasil internacionalmente, além do aumento da crise interna, tanto econômica, como social e política. De repente, em menos de seis meses de mandato, aquele que conseguiu a façanha de derrotar os petistas, NÃO CONSEGUE GOVERNAR, sem os petistas e sem ninguém para atrapalhar a governabilidade. O governo que mostrou-se capaz de ganhar as eleições não consegue governar...

Há pessoas que ajudam e há as que atrapalham.

Há pessoas que são boas em determinadas funções,
mas são péssimas em outras.

O governo Bolsonaro está cheio de gente que não tem perfil para a função que foi nomeada. Gente que pode até ser um bom bispo evangélico, mas não consegue ser um bom ministro da Educação, da Fazenda, da Casa Civil ou mesmo do Turismo.

Em 2002 quando Lula foi eleito presidente na primeira vez, muita gente temeu que o governo de Lula fosse caótico; o governo Bolsonaro, conseguir ser bem pior do que se imaginavam que o governo Lula seria.

Bolsonaro está fazendo o povo brasileiro ficar com a sensação de que "era feliz mas não sabia". Que bom mesmo foi com Lula na presidência. Daí o crescimento do LULA LIVRE.

Sabemos que o povo está perdendo o emprego;
Sabemos que o povo está perdendo a aposentadoria;

Sabemos que o povo está perdendo suas escolas públicas;
Como também está perdendo o acesso à saúde pública;


Como o transporte está piorando,
como o custo de vida está matando...

"Quem não tem competência não se estabelece",
já dizia o ditado popular.
O governo Bolsonaro já mostrou que não tem competência para governar. Que não é do "ramo". O negócio dele é discurso falso, moralista, ameaçador como aqueles cachorrinhos que, quanto menor for, mais barulho faz.

"Que Deus salve o Brasil!"

Mesmo que, se for necessário, este seja mais um governante a ser destituído da presidência da República.

O povo merece respeito!
A soberania nacional, também!

Nenhum comentário:

Postar um comentário