segunda-feira, 27 de maio de 2019

5 a 3 para os que são contra o governo

As manifestações fortalecem os extremos e enfraquecem o centro

O governo está confuso, mas não está caindo...
O Centrão é de direita, mas é menos conservador que os bolsonaristas...

No Brasil, o centro sempre foi de direita, mesmo insistindo em querer ser chamado de centro...

A esquerda sempre foi social democrata de direita...
As ONG's, os movimentos populares e os sindicalistas são de centro esquerda ou esquerda
Esquerda popular no Brasil sempre foram as Igrejas...

O judiciário nunca foi democrata, sempre foi conservador e, em alguns casos, venal...

A imprensa brasileira sempre quis mandar nos empresários, nos políticos e nos juízes...
A imprensa se diz "neutra", mas sempre esteve à serviço dos empresários e dos conservadores...
A imprensa sempre serviu de fonte de empregos para jornalistas e "especialistas"...

Os empresários continuam dando sustentação ao governo ultraconservador de Bolsonaro...
Os empresários continuam pagando caros anúncios nos jornais, rádios e TVs, todos defendendo os pacotes contra os trabalhadores, idosos, jovens e aposentados...
Os empresários continuam a ver seu país ser dilapidado e vendido à preço de bananas...

Nas manifestações de ontem, o governo mentiu para o povo, dizendo que a manifestação era em defesa da reforma da previdência, quando de fato eram manifestações para fortalecer o governo contra o Centrão e os partidos que não aceitam os abusos contidos na reforma do governo...
E a imprensa mente junto, o judiciário, mente junto porque, para os conservadores, aprovar a reforma da previdência, mesmo mentindo para o povo, é uma forma de retribuir o apoio que Bolsonaro teve dos banqueiros e dos empresários como um todo.

Porque não se prioriza a Reforma Tributária, que é muito mais necessária e pode gerar mais distribuição de renda?
Precisamos ajudar o Brasil ter equilíbrio, bom senso e voltar para o centro, ampliando o bem estar do povo brasileiro.
Precisamos ajudar a fortalecer a democracia em todos os níveis e para todos os segmentos da população.

O Brasil merece respeito e o povo brasileiro deve ser a nossa prioridade.





Nenhum comentário:

Postar um comentário