quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Argentina entra em recessão econômica

Modelo argentino não serve para o Brasil

"Eu sou você amanhã?"

O PIB da argentina recuou 3,5% no terceiro trimestre de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado.

Com isso, a Argentina somou dois períodos consecutivos de retração e entrou oficialmente em recessão.

O peso começou a sofrer grande desvalorização - perdeu 55% do seu valor ante o dólar desde o início do ano - o que levou o país a pedir um empréstimo ao FMI.

A notícia pode ter consequências eleitorais negativas para Macri, afinal sua eleição em 2015 dependeu muito do apoio dos governadores peronistas moderados, que prevalecem no interior e que, para 2019, já planejavam descolar-se do governo.

(Texto baseado no artigo do Estadão de hoje, página A27).

Nenhum comentário:

Postar um comentário