quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Eleições: Travessia por um Brasil melhor

Democracia ou Ditadura, você escolhe

A Democracia é o exercício da convivência pacífica das diferenças, é a maioria respeitar a minoria e a minoria respeitar a maioria.

Cada vez que um país interrompe à democracia para impor uma ditadura armada com imprensa manipuladora, juízes partidarizados e onipotentes, e militares ameaçadores, todos perdem...

Desde 1985 o Brasil vinha melhorando muito, a qualidade de vida de todos os brasileiros vinha melhorando à olhos vistos. O Brasil do futuro tinha se transformado no Brasil do presente. Porque parou? Parou porque?

Por vários motivos:


1 - A inclusão de mais de 40 milhões de pessoas na infraestrutura social formou um grande gargalo social, econômico e político,

2 - A não modernização das estruturas do Estado, isto é, poderes centralizadores e não participativos, custosos e inoperantes, levou o povo a descreditar no serviço público e em seus funcionários,

3 - Estrutura partidária e legislativa corruptora e voltada para si, em detrimento das demandas sociais, levou o povo a não acreditar nos políticos,

4 - A rotatividade de partidos nos governos municipais, estaduais e federal não levou à modernização necessária, pelo contrário, houve uma locupletação geral, levando o povo a não votar ou cancelar o voto,

5 - As instituições da sociedade civil, como OAB, Igrejas, imprensa e sindicatos (patronais e dos trabalhadores), também se locupletaram com a estrutura de Estado velha e sem legitimidade.

6 - O empresariado que está pagando para o legislativo fazer o Brasil voltar a antes de 1930, está percebendo que o resultado disso é a barbárie. É o salve-se quem puder. E, com isso, o PCC está crescendo mais do que as empresas...


O Brasil precisa mudar. E mudar para melhor.


Para isto, precisamos recuperar as prioridades sociais e resolvê-las conjuntamente, isto é, ninguém tem condições de resolvê-las sozinho. Muito menos pregando o ódio, a repressão, a violência e a ditadura. Juntos e unidos podemos superar nossas dificuldades e deficiências. Pregando o ódio, só colheremos ódio e pobreza.

Neste processo todo, quem anda mais errado é o judiciário. Que os políticos sejam autofágicos, mercenários e corruptos, é quase que natural na história do Brasil, mas o Judiciário não pode ser igual aos políticos! Necessariamente tem que ser um exemplo positivo para a sociedade. E nestas eleições, a palavra final deve ser do povo e não do judiciário...

Quem melhor unifica o Brasil neste momento é o Lula.


Os seguidores de Lula também precisam fazer demonstrações de que priorizam a melhoria do Brasil, de que querem trabalhar com todos e para todos.

Lula precisa fazer uma nova "Carta aos Brasileiros e Brasileiras"


Garantindo que tanto Lula quanto o PT vão governar respeitando as diferenças sociais, religiosas, políticas, como também respeitar a liberdade de imprensa. É evidente que também precisam garantir que vão priorizar a criação de empregos, melhorar a renda da população, investir mais em saúde, educação e transporte coletivo. Quanto à segurança, a solução passa, necessariamente, por organização das comunidades, de forma solidária, voluntária e estruturada em redes em parceria com os poderes públicos.

É preciso recuperar a dignidade nacional, o orgulho de ser brasileiro e brasileira, é preciso estender a mão e abraçar os diferentes. Sem medo de ser feliz.

Lula tem grandeza para tomar a iniciativa e propor a unidade nacional


Por um Brasil melhor. Muito melhor.

Um Brasil de todos, com todos e para todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário