quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Agosto esquenta as eleições no Brasil

Voltou o "vale tudo" na disputa eleitoral?

140 milhões de brasileiros estarão aptos a votar.

Quantos países têm de população o quê o Brasil tem de eleitores?

A imprensa intensifica declarações de juízes, promotores e
advogados contra as regras democráticas, enquanto que outra parcela
se cala e uma outra defende o respeito às regras democráticas.


A direita golpista joga pesado para garantir no segundo turno ou Alckmin ou Bolsonaro.

O PSDB vinha comprando muitos partidos, principalmente do Centrão.

O PMDB vinha negociando apoios locais, como forma de valorizar um acordo nacional.


O PT tem tudo para ir para o segundo turno.
Ou ganhar no primeiro turno com Lula.


Os poucos partidos de esquerda, começam a negociar "politicamente",
preocupados em manter a sobrevivência das bancadas federais,
estaduais e os poucos senadores.

O PDT de Ciro já foi tungado por Alckmin do PSDB.

O PT e o PC-B tentam atrair o PSB, evitando que vá para o PSDB,
enquanto mantém governos e bancadas.

Os mais conservadores caminham para ficar com Bolsonaro ou com Alckmin.

Os defensores do Volta Lula, além de enfrentar o judiciário e a imprensa,
começam a enfrentar desafios internos motivados
pelas composições estaduais que podem conflitar com a campanha nacional.

Como na Copa do Mundo, as eleições começaram de fato e de direito.

Que Deus proteja o Brasil!

Viva à Democracia!

Lula presidente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário