segunda-feira, 2 de julho de 2018

Imposto Sindical precisa acabar?

Uma verdade pode ser transformada em muitas mentiras...

Por que a direita, os empresários, parte do judiciário e grande parte dos parlamentares querem acabar com o Imposto Sindical?

1 - Porque querem enfraquecer os sindicatos e as centrais sindicais;

2 - Porque querem que os empregados NÃO procurem os sindicatos;

3 - Porque não querem que os empregados participem das campanhas salariais;

4 - Porque os empresários vivem dos BILHÕES DO SISTEMA S, e não precisam mais do imposto sindical;


O imposto sindical é democrático?

1 - Não, por ser um imposto em vez de ser uma contribuição voluntária;

2 - Por não ser democrático, a CUT sempre defendeu o fim do imposto sindical;


Como os não sócios participariam das campanhas salariais e se beneficiariam dos resultados?

1 - Além das campanhas serem abertas, as assembleias também são abertas à categoria profissional que estiver em campanha e, quando for assinar o acordo salarial, para que os não sócios também recebam os benefícios, eles precisarão pagar uma CONTRIBUIÇÃO NEGOCIAL, OU TAXA NEGOCIAL, aprovada em Assembleia;

2 Por ser a campanha salarial para milhares de pessoas, os não sócios que NÃO quiserem Pagar a contribuição negocial, deverão comunicar ao sindicato e à empresa de que não vai contribuir com a campanha salarial e que está ciente de que, por não contribuir nos custos da campanha, também não terá direito aos benefícios;


Na verdade,
em vez de respeitar o direito de livre organização dos trabalhadores e trabalhadoras, a direita conservadora brasileira, liderada pela imprensa, está usando o legislativo e o judiciário para prejudicarem os trabalhadores.

É preciso acabar com o Imposto Sindical,

é preciso respeitar a livre organização e
a autonomia de classe.

Sindicato democrático é sindicato sem interferência do patrão e do judiciário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário