segunda-feira, 30 de julho de 2018

Cenas do Centro de São Paulo

Prédios, restaurantes, mendigos e muito mais

Precisei percorrer as ruas do Centro hoje e, ao mesmo tempo que eu ia lembrando dos prédios com seus escritórios e seus bancos de antigamente, ia ficando assustado com a quantidade de moradores de rua nas portas dos prédios, das agências bancárias e até na porta das secretarias da prefeitura.

Uma imagem deprimente...

O que compensava à pobreza e à sujeira, era a lembrança do Centro dos anos 60, 70 e 80. Um glamour que poderia voltar mas os políticos e administradores, independente do partido que for, eles desistiram do Centro...

Estações do Metrô, Prédio dos Correios, Casa das Artes na Av. São João, Prédio do Banespa com o observatório no topo - hoje é do Santander, e tantos outros.

Por que deixar o Centro tão abandonado?


Um comentário:

  1. Sim, este é o cotidiano flagrante que esta sociedade atesta, se acovarda e tão somente se indgna. É humilhante, para quem necessita enfrentar essa situação. Estar na rua ou morar na rua não é uma opção. Com corte de orçamentos em programas sociais a cidade de São Paulo amarga uma administração sem competência, acelerando o aumento desse processo que hoje já bate mais de 20 mil na Capital Paulista.

    ResponderExcluir