terça-feira, 31 de julho de 2018

O triste centro de São Paulo

Buracos, sujeiras, pessoas abandonadas e lojas fechadas

Buracos no Centro


Andar pelo calçadão do Centro virou uma temeridade. Buracos pequenos, buracos grandes, buracos rasos e buracos profundos. Até falta de tampas de esgotos em pleno meio de calçada tem.

Já pensaram o perigo para as pessoas idosas???

Para compensar, os galhos de árvores podadas da Rua Madalena foram recolhidos nesta semana.


Sujeiras no Centro


Além do lixo distribuído pelas ruas e praças, o mais lamentável é a presença de fezes humanas e urinas pelos cantos dos muros e dos prédios... E ainda tem o ODOR ou MAU CHEIRO...


Pessoas Abandonadas no Centro


Quantas mil pessoas vivem nas ruas do Centro???

Onde elas tomam banho???

Onde lavam suas roupas???

Perguntas tão difíceis de ser respondidas... Deveriam ser fáceis.


Lojas e andares para alugar, ou abandonados...


Este é outro fenômeno no Centro. apesar de vazios, os preços tanto para venda como para alugar são caríssimos!!! O condomínio em geral é outro abuso. Como pode um andar cobrar condominio de mais de 5 mil reais?


É PRECISO REPENSAR O CENTRO DE SÃO PAULO


Já pensaram quantos centros culturais existem no Centro?
Quantas Igrejas históricas? Quantos monumentos históricos?

É bom pensar sobre tudo isto e tomar providências.

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Cenas do Centro de São Paulo

Prédios, restaurantes, mendigos e muito mais

Precisei percorrer as ruas do Centro hoje e, ao mesmo tempo que eu ia lembrando dos prédios com seus escritórios e seus bancos de antigamente, ia ficando assustado com a quantidade de moradores de rua nas portas dos prédios, das agências bancárias e até na porta das secretarias da prefeitura.

Uma imagem deprimente...

O que compensava à pobreza e à sujeira, era a lembrança do Centro dos anos 60, 70 e 80. Um glamour que poderia voltar mas os políticos e administradores, independente do partido que for, eles desistiram do Centro...

Estações do Metrô, Prédio dos Correios, Casa das Artes na Av. São João, Prédio do Banespa com o observatório no topo - hoje é do Santander, e tantos outros.

Por que deixar o Centro tão abandonado?


domingo, 29 de julho de 2018

Mesmo preso, Lula ganha as eleições presidenciais

Quanto mais provocam Lula, mais ele cresce

Portanto, a única solução possível de Lula não ganhar as eleições é o nome dele não aparecer na maquininha eleitoral, isto é, o nome dele não aparecer na cédula eletrônica.

É como se espalhasse a notícia de que Lula não será autorizado a disputar as eleições e que, caso se persista nisto, o judiciário e a imprensa, principais executores das baixarias contra Lula, o judiciário inventará algum motivo para preventivamente decidir que Lula não poderá constar da urna, isto é, a proibição será prévia.

Será tipo prisão preventiva, mesmo que a pessoa seja inocente. O fato de a pessoa ser privada da liberdade de concorrer à presidência, ao ser julgada a posteriori às eleições, mesmo que seja reconhecida sua inocência e o direito de ser candidata, como as eleições já aconteceram, ela está excluída das eleições de outubro.

O que estão fazendo com Lula é crime adiantado.

Se o Brasil quiser recuperar sua imagem internacional, precisa também recuperar a verdade dos fatos.

Eleições sem Lula é fraude.

O golpe foi um vexame contra o Brasil

A Classe Média sofre no bolso e na argumentação

A classe média se deixou manipular pela imprensa golpista e ajudou a derrubar o governo Dilma. Naquela época o desemprego começou a crescer, estávamos no auge das denúncias de corrupção e o governo Dilma estava perdido na área econômica e nas relações com os partidos. Estes queriam cargos e verbas, Dilma queria conter a economia...

A direita golpista aproveitou-se da confusão econômica e política, intensificou as manifestações de rua, facilitando assim a ação orquestrada do judiciário golpista. Juntos, juizes, procuradoria e PF, TODOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS, inventaram informações, torturaram delatores a forjarem denúncias e fizeram condenações precárias e inconsistentes, todas elas objetivando impedir LULA DE SER CANDIDATO A PRESIDENTE.

O circo estava armado


Agora era só trabalhar levando em consideração o tempo e o calendário eleitoral. a direita golpista achava que, bastava prender Lula que o mundo desabaria sobre ele e sobre o PT. A ironia foi que, em vez de Lula cair, ele continua subindo em todas as pesquisas, demonstrando que, caso dispute, ganhará no primeiro turno.

Tudo que a direita golpista fez e faz,

não deu certo e Lula continua subindo nas pesquisas..

As convenções partidárias são vexatórias.
Corruptos apoiando os candidatos golpistas.

O PSDB esconde seus aliados inconvenientes.

O PMDB também esconde seus aliados inconvenientes.

Quem coordenou o golpe? O PSDB.

Quem garantiu a vitória dos golpistas? O PMDB.

Quem deu dinheiro para os golpistas? Os empresários.

Quem executou os processos contra o governo Dilma e Lula? O Judiciário.

Quem fez papel de "leão de chácara dos golpistas"? A PF - Polícia Federal.

Quem cantou em versos e prosas defendendo os golpistas? A Imprensa golpista.

Quem deu sustentação internacional ao golpe? Os Estados Unidos.

Quem ajudou a enganar o povo mais simples? Os evangélicos pentecostais.

Quem mais perdeu com o golpe? Todos perdemos com o golpe, principalmente os mais pobres.

Qual a solução para recuperar os empregos, os salários, as aposentadorias e o salário mínimo? VOTAR NO LULA E NO PT.

sexta-feira, 27 de julho de 2018

A Lua de hoje foi o assunto mais importante

O brilho da Lua cheia ilumina a Terra

Ontem tentei tirar fotos mas não saíram boas.
Já o por-do-sol foi mais fácil tirar fotografias.

Como desaprendi a botar fotos no blog,
elas aparecem apenas no facebook.

Hoje, quando fui no quintal á noite,
Vi uma grande Lua iluminando o Céu e a Terra.

Lembrei-me da quantidade de pessoas que falavam da Lua.
Lembrei-me também da quantidade de fotos do por-do-sol.

Lembrei-me ainda que não tinha conseguido tempo para
ler os jornais, ler os e-mails, ler as mensagens no celular.

Mas, o mais interessante foi entrar na sala,
depois de ter olhado tanto a Lua cheia,
e ver na TV um professor e músico
fazer uma bela análise da letra e da música
"Coqueiro de Itapuã", de Dorival Caymmi.

A Lua cheia brilhando,
A letra e a música de Caymmi.

E a beleza da análise da poesia e da música
de alguém que olhou para o mar e viu música,
que olhou para o coqueiro e viu poesia,
que virou o olhar para as areias e viu histórias.

Vendo estas coisas lindas,
para que lembrar da política medíocre atual,
para que lembrar que temos que enfrentar os golpistas,
lembrar do desemprego e do arrocho salarial,
ter que lembrar que Lula está preso porque o
povo o quer como presidente da República.

E enquanto escrevo este "post"
ouço no som do computador

"minha jangada vai partir pro mar...
vai trabalhar, meu bem querer...

Caymmi é o nosso Garrincha.
Sempre simples e maravilhoso.

quinta-feira, 26 de julho de 2018

O fenômeno LULA nas eleições

Quanto mais a imprensa esconde, mas Lula cresce


Quanto mais o Judiciário faz o "serviço de capitão do mato", abrindo mais processos fajutos contra Lula,

quanto mais decidem condenar Lula com julgamentos fajutos,

quanto mais inventam mentiras contra Lula,


LULA CRESCE EM TODO BRASIL


LULA ganhará no primeiro turno nesta eleição.


O que faz Lula ser tão querido pelo povo?


Porque Lula tem tanto apoio internacional?



Como se explica que, apesar de tão querido pelo povo e internacionalmente,
como explicar tanto ódio por parte dos golpistas?

Será que é inveja?

Será que é dor-de-cotovelo?

Será porque Lula resolveu desobedecer os que sempre mandaram?


E se no dia do primeiro turno estiverem na frente Lula e Bolsonaro, como votarão os tucanos do PSDB?

Qual será o voto útil?


E se, ao perceber que vai perder, o pessoal do PSDB resolver mandar os juizes adiarem ou suspender, sine die, as eleições presidenciais?

E se, a direita mais reacionária e golpista, ao perceber que vai perder as eleições, resolverem fazer ações terroristas para desestabilizar a segurança nacional e justificar que as Forças Armadas assumam o poder, como no Egito?

Um mundo controlado por um louco chamado Trump, com um Brasil governado por trambiqueiros, apoiados por uma imprensa manipuladora e contando com o apoio de um bando de loucos, tudo pode acontecer, inclusive roubarem as eleições, forjando resultados que invertam resultados. Não tem como conferir...

E tudo isto tão fácil de ser resolvido.


Basta deixar Lula concorrer e
deixar o povo votar livremente.

O povo simplesmente votará no 13 - Lula.

Democracia é para todos, com todos e de todos e todas.

O POVO MERECE RESPEITO!





quarta-feira, 25 de julho de 2018

Lula cresce em todo Brasil - É PRESIDENTE!

Golpistas querem impedir que o POVO vote em Lula


O site Brasil 247 já anunciou que
a nova pesquisa CUT/Vox vai dar Lula de ponta-a-ponta.


Se o povo brasileiro quer votar em Lula, cabe ao Judiciário e ao Legislativo encaminharem a vontade do povo.

ELEIÇÕES SEM LULA É FRAUDE.

Lula Livre é a palavra de ordem no Brasil e no Mundo.

A nova pesquisa CUT/VOX vai mostrar Lula ganhando já no primeiro turno.

Eu estou com o Povo brasileiro,

Eu estou com Lula presidente.

Democracia não se ganha, CONQUISTA-SE!

terça-feira, 24 de julho de 2018

Quando os ditadores e corruptos enfrentam o voto popular

Golpes de Estado e Eleições fajutas

- Avacalharam com o Congresso Nacional.
- Partidarizaram o Judiciário.
- Aprovaram e mudaram leis contra o povo, que não reagiu...

- A imprensa transformou-se em boletim estudantil de direita.


- Ridicularizaram a Política.
- Transformaram religiões em Partidos Políticos.
- Privatizaram as privadas públicas.

- Entregaram nossas riquezas aos estrangeiros.


- Abriram mão da Soberania Nacional.
- Com vergonha do que fizeram,
- chamaram um militar para ser candidato a repressor...

- Em vez de Educar, pretendem militarizar as escolas.


- As pesquisas indicam que Lula ganha no primeiro turno.
- Então, acabem com as pesquisas ou,
- tirem o nome de Lula das pesquisas.

- Lula não pode disputar as eleições.
- Perder para Lula é um vexame.


- Lula,desobediente, exige o direito de ser candidato.
- Então, impeçam o Lula de ser registrado como candidato.
- Se insistir em se inscrever, tirem o nome dele da urna.

- Façam o Povo esquecer que Lula foi o melhor presidente.

- Façam as redes sociais deixarem de informar e comentar.
- Chamem os juizes e promotores para prender o Lula.

e...

- Se um juiz teimoso autorizar a manter o nome de Lula.

- Se o nome dele aparecer na urna,
- Se ele ganhar no primeiro turno.

- Que chamem os corruptos!

- Que convoquem os torturadores!
- Que a imprensa diga que Lula quer acabar com a democracia.

- Democracia para quê?
- Liberdade para quê?
- Direitos Humanos para quê?

- Que se acabem com os golpistas do PSDB!
- Que se acabem com os golpistas do PMDB!

- Todo poder ao "Centrão".

- E Salve à Seleção! Todos juntos, vamos!
- Prá Frente Brasil. Salve à Seleção!

- Você decide: Ditadura ou Democracia???

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Maravilhas de Fernanda Montenegro

Bem aventurado o povo que tem como referência esta mulher

Ontem, ante um noticiário tenebroso sobre as convenções partidárias, jurei que hoje falaria de Fernanda Montenegro, a partir da sua belíssima entrevista no jornal Valor, caderno de fim de semana.

Vejam que preciosidades faladas por uma mulher de 88 anos de idade, 75 anos de carreira profissional e muita sabedoria para ensinar este povo brasileiro a construir uma verdadeira nação, livre e soberana.

1 - "O Brasil não tem nenhuma visão cultural do que nós somos como povo. Sempre se acha que cultura é frescura. Daí resulta no país que a gente é.

2 - Acham que podemos ser uma nação sem levar a cultura a sério. Se não tem cultura, não tem nação, é uma fronteira, uma língua."

3 Valor - A senhora diz que a época mais feliz da sua vida foi fazendo teatro em São Paulo...

Fernanda: "Estávamos recém-casados, no início de 1954. Fomos (do Rio para SP), para passar quatro meses e ficamos cinco anos, com salários desesperados de pobres. Vivíamos no Bixiga. Foram anos maravilhosos...

4 - Valor: Ao relembrar todas essas histórias, qual é seu sentimento?

Fernanda Montgenegro:



ESTOU ME PREPARANDO PARA IR EMBORA. SEM MORBIDEZ.



Isso acontece com os velhos, muito velhos.

Não é desplugando não,

aos poucos vai coordenando a saída.


Uma hora vai bater, o prolongado adeus.


Certamente já vi melhor.


Já ouvi melhor, já me movi muito melhor.


O melhor é a aceitação,

às vezes a previsão de uma despedida traz coisas,


traz uma saudade arrasadora...

Olho para esta foto, para aquela.

Como não trazer saudade?



Estas palavras de Fernanda Montenegro, aos 88 anos, faz-me lembrar que perdemos nossa mãe há um mês, quando ela estava com 95 anos.

Também uma guerreira, uma cantora, uma mãe que levantava na época das chuvas para acender o fogo à lenha, para preparar café para nove pessoas e vestir os sete filhos para irem para as escolas.

Seus filhos correram o mundo, estudando e cantando, prestando concursos para ter vida digna e aposentadoria decente.

Perder um parente ou amigo é sempre triste, mas, perder uma mãe é algo profundo, é perder nossa principal referência.

Fernanda Torres tem a melhor mãe do mundo, e nós também podemos dizer que, mesmo não tendo Fernanda Montenegro como mãe, podemos também afirmar, em alto e bom tom:

NOSSA MÃE É A MELHOR MÃE DO MUNDO!


domingo, 22 de julho de 2018

Falo de Fernanda Montenegro ou de Bolsonaro?

Fernanda fala de Cidadania enquanto Bolsonaro fala de matar

Os jornais neste fim de semana falam de Fernanda Montenegro e de Nara Leão. Mas, também falam muito de Bolsonaro, o louco fascista.

Por várias vezes peguei o caderno do Valor que fala de Fernanda, mas sempre aparecia noticias sobre as loucuras de Bolsonaro.

Ora criticando Alckmin por ter se aliado ao centrão, ora falando da sua candidata a vice, outra que fala aparentemente delirante ou doida de pedra...

- Já pensaram o Brasil governado pela dupla Bolsonaro e Janaína????

- Já pensaram o Brasil governado pelo Centrão????

Tem gente afirmando que Alckimin esvaziou a candidatura de Bolsonaro. Bobagem pura. Até Eneas, se estivesse vivo, teria mais imagem nacional do que Alckmin. Este é um fenômeno paulista que não consegue crescer pelo Brasil à fora. É a imagem da velha UDN...

O povo não quer mais políticos conservadores e já manjados há dezenas de anos. O povo quer projeto novo e sangue novo.

Se for para voltar candidatos tradicionais, que seja o LULA ou sua indicação, pelo menos a qualidade de vida do povo melhora. Enquanto os conservadores e golpistas só sabem privatizar, destruir a riqueza nacional, entregar o Brasil aos estrangeiros e roubar do povo...

Juro para vocês que amanhã eu falo com carinho da nossa autoridade máxima nacional, nossa presidente moral e que trabalha
há 70 anos, teve tempo de ter e criar uma filha também maravilhosa, chamada de Fernanda Torres e ainda defender a democracia, a liberdade e a qualidade de vida.

Se temos Fernanda Montenegro, porquê perder tempo com Bolsonaro?

Toma jeito, Brasil!

sábado, 21 de julho de 2018

Confusão nas Convenções Partidárias

Golpistas não se entendem sobre eleições

Como os golpistas estimularam a direita política a sair do armário e assumir-se enquanto tal, como esta é a primeira eleição presidencial depois do golpe de Estado e da implantação da ditadura civil, a direita ainda não construiu sua hegemonia partidária "eleita pelo povo", isto é, legitimada pelo povo.

Os golpistas e mercenários atuais justificam suas posições contrárias a quando foram eleitos fazendo parte da coligação da candidatura de Dilma Rousseff, dizendo que tiveram que mudar de posição em função dos erros de Dilma após ser eleita.

O argumento para justificar-se é bom, mas não corresponde a verdade.
O desejo de trair foi mais forte do que os fatos que serviram como argumento.

O Brasil continua com 35 partidos políticos, sendo alguns deles claramente controlados pelas igrejas pentecostais e outros são apenas legendas de alugeis ou alugueres. Os golpistas desqualificaram a política e a democracia no Brasil.

Estamos parecendo a Espanha do fascista Franco e seus aliados.

Um governo entreguista e corrompido;


Um Congresso Nacional
que parece um mercado de peixe, onde tudo custa alguma coisa;

Um Judiciário inescrupuloso
, partidarizado, protetor e a serviço do PSDB, e peça chave na golpe de Estado e na manipulação das eleições deste ano;

Uma imprensa que lidera o golpe de Estado
mas não consegue impor uma linha de centro-direita partidária que justifique que não é mercenária, como são os partidos políticos que sustentam o governo golpista. No Centrão é sinônimo de fisiológico em vez de centro político.

Um empresariado acovardado e servil
, incapaz de autoproteger-se e tendo de recorrer a seus algozes como forma de ver o Congresso Nacional aprovar leis que possibilitem lucros fáceis, transferências de remessas ao exterior e forte concentração de renda, meso que promova desemprego, arrocho salarial e rebeliões populares...

Já os porta-vozes dos trabalhadores ou da esquerda,
pagam por ter feito alianças "vale tudo para ter maioria", e não ter organizado o povo para consolidar suas conquistas. O golpe de Estado foi legalizado por partidos que faziam parte da grande coligação eleitoral liderada pelo PT. Esta grande aliança incluía o fisiolismo dos partidos evangélicos e a aliança com Paulo Maluf.

Da mesma forma que, depois de 500 anos de Brasil
, tivemos a fundação da primeira central sindical em 1983, ainda depois de 500, graças às contradições destas alianças que escondem os conflitos de classe e reforçam o "brasileiro cordial", vemos surgir, como filho espúrio, a necessidade de se entender para transformar "as relações conflituosas" no Brasil.

Acabou o brasileiro cordial e surgiu a exclusão e o ódio de classe.


Os golpistas aceitam Bolsonaro por não aceitar Lula?

O PSDB aceita subordinar-se ao Centrão fascista e corrupto por não aceitar Lula?

O Judiciário aceita Bolsonaro e o Centrão por não aceitar Lula?

A Imprensa faz campanha para Bolsonaro e leva o Brasil para a direita reacionária, por não Lula?

Lula foi o melhor presidente que o Brasil já teve e ganhará as eleições no primeiro turno se a direita golpista aceitar as regras democráticas e deixar Lula candidatar-se e fazer parte da lista eleitoral para presidente do Brasil.

Lula ganhará no primeiro turno.
Livre da cadeia ou mesmo estando na cadeia arbitrariamente.

Eleições sem Lula é fraude.

Mesmo com a imprensa boicotando, o povo prefere Lula.
Mesmo com o judiciário mentindo, o povo prefere Lula.

Se a democracia pressupõe o respeito ao povo,
Se eleições for para consolidar a democracia,

O povo tem direito de ser respeitado
e exercer seu direito de votar em Lula.



sexta-feira, 20 de julho de 2018

A "Veja" vai fechar?

A Abril virou sinônimo de Veja

Isto é comum no Brasil. Cerveja é chamada de Brahma, palha de aço é chamada de Bom-Bril, lâmina de barbear é chamada de gillette, etc.

Ontem, um colega perguntou-me: "A "Veja" vai fechar?"


E eu respondi, sem ainda saber do motivo da pergunta: "A Veja é uma revista e não pode ser fechada, ela pode deixar de ser edita, tirada de circulação."

Continuamos a conversa e meu amigo insistiu que soube que a família Civita estava deixando o comando da Abril. Que parecia que tinha sido vendido ou que os bancos estavam assumindo a gestão por causa das dividas da "Veja/Abril".

Meu amigo insistia também que parecia com o caso do Estadão. Que só faltava a Rede Globo quebrar e ele viajava na torcida da falência dos golpistas.

Na Folha não achei nada sobre o assunto, mas no Estadão tem uma boa matéria, assinada por três jornalistas, Luciana Dyniewicz, Renée Pereira e Fernando Scheller.

Meus destaques na matéria do Estadão são:

1 - Família CIVITA deixa o comando do Grupo Abril

"Com divida de quase R$ 1,3 BILHÃO, o Grupo Abril
anunciou ontem que sócio da CONSULTORIA AMERICANA de reestruturação financeira, Alvarez & Marsal, assumiu a PRESIDÊNCIA da companhia, que publica as revistas VEJA, Exame, Claudia, entre outros títulos.

A empresa vem fechando no VERMELHO nos últimos anos
, segundo relatório da Price WaterhouseCoopers. No ano passado, o PREJUIZO foi de R$ 331 milhões.

DESDE O FIM DE 2017, a ABRIL
vinha empreendendo um esforço de redução de custos. Dentro desse processo, no mes passado, o grupo SAIU de sua TRADICIONAL SEDE PAULISTA, em Pinheiros, para um edificio menor, no Morumbi."

Não gosto de ver empresas quebrarem ou serem fechadas
, ou ainda, ver empresas brasileiras serem vendidas aos estrangeiros. Gosto de ver nossa economia crescer, criando oportunidades para empresários e trabalhadores, beneficiando o Brasil para todos, acima de tudo. Fortalecendo a economia como forma de fortalecer a DEMOCRACIA. A Abril caminhou para o fascismo e destruição de quem ela não gostava. Isto fez com que milhares de pessoas estejam comemorando a decadência da Veja, isto é, do Grupo Abril.

Defendo a liberdade, a diversidade, a solidariedade e a economia de mercado, tudo isto sob o controle do povo e da sociedade através de gestão participativa, com transparencia e rotatividade nos cargos. Infelizmente, estes valores ão fazem parte dos valores da Veja, isto é, do Grupo Abril.

Mesmo assim, não torço pela falência do Grupo. Não tem competência, vende para outros brasileiros.

Não escondo que sou nacionalista,
com mercado aberto internacionalmente, mas com a defesa de nossa Soberania Nacional e de nossa liberdade.

Peleguismo Patronal

A Folha, quando quer, acerta

Leiam a íntegra do EDITORIAL de terça-feira, dia 17 de julho. Não modifico uma palavra sequer. Já hoje, sexta-feira, a Folha na parte política está bem pior que o Estadão.

Aproveite que está valendo à pena e leia um ótimo editorial da Folha sobre o PELEGUISMO PATRONAL.

Sinecura patronal

Representantes do empresariado
se perpetuam no comando de entidades
sustentadas por recursos da sociedade

Folha - 17.jul.2018 às 2h00

Com bons motivos, o empresariado apoiou a extinção da contribuição obrigatória aos sindicatos. Estes, ao dispor de uma fonte garantida de recursos, tendem a se tornar sinecuras para seus dirigentes e, nas piores hipóteses, focos de poder político e corrupção.

É fato que o fim desse imposto atingiu entidades laborais e patronais. As segundas, porém, continuam a contar com verbas igualmente carimbadas —e muito mais vultosas— do chamado Sistema S.

Instituições como Sesi, Senai e Sesc, para citar alguns dos exemplos mais conhecidos, recebem algo entre R$ 16 bilhões e R$ 17 bilhões anuais, originados de descontos nas folhas de salários. Já a arrecadação total do tributo eliminado pela reforma trabalhista rondava os R$ 3 bilhões.

Não é de espantar que, com a prerrogativa de gerir tamanho orçamento assegurado por determinação legal, as federações e confederações do patronato forneçam numerosos exemplos do patrimonialismo mais retrógrado.

Segundo reportagem publicada no domingo (15) por esta Folha, em 41 de 99 entidades pesquisadas os presidentes estão no posto há mais de oito anos; 17 deles contam duas décadas ou mais de comando.

Não é difícil imaginar os vícios que tais arranjos são capazes de estimular. Começa-se pela proliferação de agremiações de baixa representatividade ou mesmo de fachada, criadas apenas para a busca de dinheiro ou influência política.

O objetivo da perpetuação no poder não raro descamba para o clientelismo, com distribuição de favores destinados a enfraquecer oposições. Nos episódios mais graves, chega-se ao desvio de verbas; há mais distorções, entretanto.

Os cargos servem também como trampolim eleitoral. Um dos exemplos mais vistosos é o de Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) desde 2004, atualmente licenciado para se candidatar ao Palácio dos Bandeirantes pelo MDB.

Esse modelo arcaico de representação tem as mesmas origens da septuagenária CLT, cuja reforma foi saudada pelo empresariado —o corporativismo da era Vargas, que estendeu a tutela do Estado às relações entre capital e trabalho.

As contribuições que sustentam o Sistema S, de recolhimento compulsório, equivalem na prática a tributos; sua cobrança implica lucros ou salários menores. A despeito da gestão privada, trata-se de recursos de toda a sociedade.

Não se desconhece que as entidades prestam relevantes serviços, que vão do treinamento de mão de obra à promoção de lazer. É imperativo, porém, que se avance na prestação de contas aos órgãos de controle. Mais que isso, há que caminhar para um modelo de aportes voluntários, como o que se propõe nos sindicatos laborais.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Antonio Candido no Estadão de hoje

100 anos do Sábio brasileiro

Há países que têm muitos sábios.
Como há países que têm poucos sábios.

O Brasil tem muitos sábios porque tem mais de 200 milhões de habitantes. E, entre todos os sábios, destaca-se a figura simbólica de Antônio Candido, que estaria completando 100 anos no próximo dia 24 de julho de 2018.

Grande intelectual, seu centenário deflagra muitos eventos, como congressos, simpósios, conferências, livros, números especiais de revistas, suplementos de jornais...

Em São Paulo, o destaque é uma exposição no Itaú Cultural, à Av. Paulista, intitulada:

"Ocupação Antônio Candido - O Direito à Literatura.

Entre tantos temas abordados, merece um olhar especial o ensaio que advoga em favor da extensão do direito à beleza, às artes e à literatura a todos os seres humanos. Não é justo, argumenta ele, que seja privilégio de poucos.

Encontra-se nesta exposição, uma amostra de seu acervo pessoal de documentos, fotografias, cadernos de anotação, esquemas de aula, manuscritos de trabalhos com emendas, recortes, cartas, etc.

Fala-se em 45 mil itens textuais, entre os quais 90 cadernos de anotações, ou 126 se incluirmos as cadernetas.

Mais de 5 mil fotos e 800 discos e fitas cassete.

As informações acima fazem parte do artigo especial da professora Walnice Nogueira Galvão, professora emérita da FFLCH-USP, no Caderno2, do Estadão de hoje.

terça-feira, 17 de julho de 2018

Democracia como caminho para a qualidade de vida

Experiência individual e experiência coletiva

Quando as pessoas começam a enaltecer as virtudes dos pais e irmãos, por terem estudado, terem arranjados bons empregos e até terem direito à aposentadoria, como se fosse mérito individual, eu fico imaginando se é falta de conhecimento, egoísmo ou porque precisa ter uma boa conversa ou leitura com as pessoas que são conhecedoras de macro e micro economia, etc.

1 - O Brasil veio de um processo contínuo de crescimento econômico desde o fim da primeira guerra mundial. Todos cresceram e melhoraram de vida, mesmo quando seus negócios fecharam em decorrência da superinflação, da abertura dos portos ou de algum pacote econômico perverso.

2 - A partir da redemocratização e do final dos anos 80, o desemprego começou a crescer, a inflação começou a crescer assustadoramente e as pessoas começaram a ver o que era desemprego estrutural e FMI.

3 - Com o desemprego, a inflação e a ausência de liberdade, os trabalhadores começaram a procurar seus sindicatos e a participar das atividades sociais, mesmo com toda a repressão presente na época da ditadura militar e mesmo nos governos eleitos. Os sindicatos são fundamentais nas lutas por emprego, salário, qualidade de vida, aposentadoria e formação.

4 - Recessão, desemprego e arrocho salarial não cai do céu, são consequências das políticas econômicas aplicadas pelos governos. Os conservadores neoliberais estimulam esta situação para concentrar mais a renda e fragilizar a resistência dos pobres.

5 - O Brasil precisa ter qualidade de vida e recuperar sua competitividade internacional.

O Brasil e o povo brasileiro merecem respeito!

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Jornal Folha rompendo/mantendo preconceitos

Crise existencial da Folha ajuda democracia

Quando a Folha quer ser o melhor jornal do Brasil, consegue.

Quando a Folha quer ser chefe de quadrilha golpista, também consegue.

Quando a Folha quer ser porta-voz do PSDB mais reacionário, fica fácil.

Quando quer ser aliada dos acadêmicos e dos artistas, fica ainda mais fácil.


Vejam o exemplo da edição de ontem, domingo, último dia da Copa do Mundo na Rússia.


1 - O jornal publicou no caderno Ilustríssima, caderno criado para os mais letrados, duas maravilhosas páginas sobre ANTONIO CANDIDO.

Costumo ler tudo que aparece sobre ANTONIO CANDIDO e FERNANDA MONTENEGRO.

Dois símbolos brasileiros que viveram muito, Fernanda continua entre nós e Antônio já foi para o Céu.

Achei um ato de coragem da Folha publicar algo de tanta qualidade no dia da decisão de quem seria o campeão do mundo no futebol. Quantos leitores da Folha perceberam que, além da copa do mundo, tinha um caderno chamado Ilustríssima com um longo texto de Fernando Granato e bela ilustração de Deborah Paiva? Eu que gosto de folhear o jornal inteiro, vi que tinha uma chamada de capa sobre Antonio Candido e fui ver o que era. Era sobre o CENTENÁRIO de um dos maiores intelectuais e cidadão do Brasil.

2 - Já no caderno Mercado, que é o que eu mais leio, tinha outra grande reportagem de qualidade, de autoria de RAQUEL LANDIM.

COMANDO ENVELHECIDO FRAGILIZA ENTIDADES (SINDICAIS) PATRONAIS EM TODO O PAÍS (BRASIL).


Mesmo com toda qualidade das matérias, vejam que já no título, eu acrescento dois reforços. Entidades sindicais patronais é a mesma coisa que "entidades patronais" e "em todo o país" é a mesma coisa que "em todo Brasil". Qual o motivo então de minhas críticas? Primeiro porque a própria imprensa tem passado uma imagem negativa de tudo que se refere a sindicatos e sindicalistas. Segundo porque dizer claro que está falando DO BRASIL, é mais forte do que "do país". Duvido que a culpa seja de Raquel Landim...

3 - Porém, o mais importante da reportagem de Landim é a matéria que tem como título:

R$ 16,4 bilhões em repasse para o chamado SISTEMA S incentivam APEGO ao comando.

Mesmo sem aparecer no título nem na chamada, o artigo é de grande relevância porque mostra que os patrões, os empresários, os banqueiros e os velhos sindicalistas patronais, apoiados pela imprensa, exigiram que o Congresso Nacional golpista e de direita, fizessem a REFORMA TRABALHISTA e acabassem com o IMPOSTO SINDICAL, acabando assim com 80% das receitas das entidades sindicais - TANTO DOS PATRÕES COMO DOS TRABALHADORES.

Acontece que, enquanto os sindicatos - patronais e dos trabalhadores - ficaram sem dinheiro do imposto sindical, OS PATRÕES e SUAS ENTIDADES SINDICAIS, continuam com a exclusividade da gestão do dinheiro arrecadado com o SISTEMA "S", que são 16,4 BILHÕES DE REAIS POR ANO.

Como dizia Boris Casoy: É UMA VERGONHA!


Já o homem que vende pamonha de Piracicaba,
gritaria no carro de som: VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA.

Somente num momento de DITADURA, COMO AGORA
, um governo,
um congresso nacional e um jornal como a Folha apoiaria tais mudanças...

Por isto que eu não sei se odeio ou se adoro este jornal esquizofrênico, chamado Folha de S.Paulo, ou apenas, FOLHA.

domingo, 15 de julho de 2018

E a França ganhou a Copa, com méritos.

A Croácia, tentou, tentou, tentou, mas não deu.

A França soube fazer o jogo e esperar as pequenas falhas da Croácia.

Se fosse o Brasil, não ganharia nem da França, nem da Croácia.

Temos que aprender muito com esta Copa, cheio de imigrantes,
filhos de imigrantes e seleções coloridas,
ligeiras e fazedoras de gols, muitos gols...

Torci para a Croácia, mas a vantagem dos franceses era evidente.

Viva a França!

Viva a Croácia!

Viva a Bélgica!

Viva o México! Por ter sido a primeira a derrotar a Alemanha.

Viva o Uruguai, que perdeu no jogo, quando perdeu Cabani por saúde.

Viva o Brasil, que jogou pouco, mas não nos matou de vergonha.

Viva o técnico da França, da Croácia e do Brasil.

Liberté, Igaulité e Fraternité! Democracia Já!!!


Tudo isto está faltando no Brasil atual.

sábado, 14 de julho de 2018

E a Bélgica venceu a Inglaterra!

Jogo educado e com poucas faltas

Bélgica conclui sua participação na Copa do Mundo na Rússia como uma das grandes revelações, juntamente com a Croácia e a França.

Neste domingo teremos o último jogo na Rússia e esperamos que ganhe quem jogar melhor.

A torcida está dividida.

Parte vai torcer para a França, pelo charme e meio em protesto contra a politização dos jogos.

Outra parte, que me incluo, vai torcer para a croácia e seu belo futebol.

Tanto a Croácia, quanto a Bélgica parecem o Brasil de antigamente.

Entre os vencedores e vencidos, o grande resultado positivo foi para a infraestrutura na Rússia. Gostem de Putin ou não, ele promoveu uma bela Copa do Mundo.

Já o Brasil, precisamos aprender com os erros e os acertos.

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Dia de Reflexão: Nunca desista! - Never give up!

Por que pequenos problemas se transformam em grandes desafios?

As pessoas assumem certas atribuições muitas vezes pensando que serão fáceis de executadas no dia a dia. As demais pessoas que dependem das atribuições dos outros ficam na expectativa de que não terão problemas. Quando a produção começa a funcionar nós vamos percebendo que determinadas pessoas têm dificuldade em determinadas tarefas, prejudicando a produção coletiva.

Que fazer?


1 - Fingir que não percebemos nada.

2 - Conversar com as pessoas com dificuldades em particular.

3 - Procurar o coordenador e pedir que ele resolva.

4 - Propor um discussão no grupo, de forma franca e aberta.

5 - Se não conseguir nenhuma das alternativas acima,
procurar outro local para se sentir mais útil...


Tem dia que a gente se sente assim. Mas não podemos desistir.


Outro dia uma amiga mandou um recado da Europa dizendo quando lia as notícias do Brasil atual, tão vergonhosas, que ela tinha vontade de desistir do Brasil. Eu lembrei-me de uma campanha mundial que fizemos na FIET, atualmente UNI, secretariado mundial do setor de serviços, bancos, comércio, etc.

A campanha tinha como mensagem:


NUNCA DESISTA! - NEVER GIVE UP!


E, nós bancários, fizemos uma camiseta bonita que era uma menina erguendo os braços e dizendo: Nunca desista!

Quanto mais os golpistas, principalmente do judiciário, maltratam Lula, mais Lula cresce nas pesquisas. Mesmo tentando calar a sua voz. Proibindo-o de fazer campanha e de circular pelo Brasil.

Basta LULA fazer parte da lista de candidatos e aparecer na maquininha de votação que LULA GANHARÁ NO PRIMEIRO TURNO.

Faça como Lula: NUNCA DESISTA!

quinta-feira, 12 de julho de 2018

E a Croácia venceu!

Inglaterra jogou bem, mas perdeu

A imprensa brasileira estava torcendo para a Inglaterra.


Os comentaristas não entendiam como, de repente a Croácia foi crescendo no jogo e tentou, tentou até que empatou o jogo. Não ganhou no tempo regulamentar - 90 minutos - por nervosismo.

Na prorrogação deu mais Croácia e a vitória se fez merecedora.

Depois do jogo e hoje nos jornais, os mesmos comentaristas falam mais o porque a Inglaterra perdeu do que o porque a Croácia ganhou.

É a mesma prática dos jornais de São quando, no campeonato brasileiro, um time paulista perde para um time de outro estado. Lembram quando o Palmeiras perdeu para o Arapiraca de Alagoas?

Agora, ante o crescimento "milagroso" da Croácia
, os jornais e os torcedores estão lembrando que a Croácia apoiou o nazismo e que o próprio time tem jogadores nazistas(!!!!). Como se a história da Inglaterra fosse só de flores...

Ao vê a Croácia e a Bélgica jogarem, eu penso mais na nossa seleção e no nosso técnico. Comparo mais a nossa seleção com a da Croácia e a da Bélgica. O quê eles têm que nós não tivemos?

Eu acho que os ingleses merecem nossos parabéns. Jogaram bem, mostraram que estão crescendo e que poderão dar trabalho nas próximas copas.

Já a nossa seleção,
eu acho que Tite precisa melhorar sua assessoria, estudar mais o futebol europeu, obrigar o time a ser mais maduro emocionalmente e mais competitivo no campo. O Brasil tomou um gol de saída e tremeu, desestabilizou-se até tomar outro gol e perder o jogo. Tite manteve Gabriel Jesus por mera teimosia. Isto não existe em competições. Mas nosso balanço fica para depois de domingo.

E vou dizendo que vou torcer para a Croácia,
mesmo adorando a França como país e os franceses com suas histórias. Gosto do novo e não vou misturar futebol com política.

Não vejo os alemães atuais como nazistas,
nem vejo o povo do Leste europeu como estalinistas assassinos. O tempo das guerras mundiais passadas precisa ser superado, com suas mágoas e suas cicatrizes, sem apagar a história, nem os abusos.

Ando tendo mais medo do "nazismo", "fascismo" e manipulações do
nosso judiciário, da nossa imprensa, dos empresários e da direita evangélica atuais do que da Croácia ou da Rússia. A Eurásia ainda não entrou no mundo moderno. E a América Latina continua sob o "big stick", grande porrete, americano com suas manipulações e sua violência direta e indireta.

Acabaram de me mandar um texto com o título: "Croácia, o fascismo tem um representante na Copa". Não vou ler.

Esta Copa foi uma das melhores que já vi.
E olhem que acompanho Copas desde 1966.


Vai Corinthians!

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Futebol, Música e Política mexem com o Brasil

Eis aqui este sambinha feito de uma nota só

O dia 10 de julho de 2018, ontem, poderia ficar na história por boas lembranças. No entanto, mesmo o aniversário de 60 anos da BOSSA NOVA, quase que passou em branco. Hoje em dia, lembramos mais das más notícias e deixamos as boas para segundo plano. Vejam os destaques de ontem:

1 – França derrotou a Bélgica


Ontem, meio envergonhado, os brasileiros viram a França ganhar do time que derrotou o Brasil, quebrando uma invencibilidade de 23 jogos. A Bélgica perdeu com dignidade e coragem. Não fraquejou, apenas errou na tática do jogo. Faltou sangue frio...
Se a França ganhou da Bélgica, o Brasil também poderia ganhar?
Nem sempre.
Hoje vamos novamente assistir um grande jogo: Croácia e Inglaterra.

2 – O vexame do judiciário


Os jornais de ontem, deram mais destaque para as estripolias do judiciário no domingo, do que à comemoração dos 60 anos de BOSSA NOVA. No Brasil atual, o judiciário está mandando mais do que os governos e o Congresso Nacional. Vivemos sob uma nova DITADURA. Não vivemos em um Estado de Direito, nem se respeita a Constituição. O Brasil anda para trás e cada vez mais se parece com uma Republiqueta de Bananas...

3 - Se você achar que eu desafino amor... Eis aqui a Bossa Nova.


No dia 9 a Folha publicou na capa do caderno Ilustrada dois lindos textos sobre a BOSSA NOVA, comemorando os 60 anos, 10/07/1958, de aniversário da gravação da música “Chega de Saudade”, por João Gilberto.

A Folha saiu na frente do Estadão, que publicou no Caderno 2 de ontem, dia 10, data do aniversário, mais duas lindíssimas matérias sobre a BOSSA NOVA.

Ruy Castro lembra na Folha, com sabedoria, que onde dias antes, em 29 de junho de 1958, o Brasil fora campeão do mundo pela primeira vez, na Copa da Suécia. Quando Bellini fez, pela primeira vez, o gesto de erguer a Taça.

Dizem os historiadores que “o samba nasceu lá na Bahia”, como também a BOSSA NOVA veio de um baiano de fala mansa, meio esquisito, que se trancava horas no banheiro para tocar violão e cantar, promovendo uma interação diferente entre o violão e sua voz mansa.

Como um artista que pinta um quadro, como Picasso, João Gilberto criou o ritmo e TOM JOBIM, que era outro gênio musical, percebeu que ali tinha algo novo que podia mudar a história da música. Tom já era o bam bam bam da música popular de qualidade.

Luiz Oricchio, reforça que os ventos sopravam a favor do Brasil naqueles anos de 1958. Governo progressista, conquistas esportivas, indústria automobilística nascente, a nova capital sendo construída no meio do imenso país.

O GIGANTE DESPERTARA?


Além de tudo de bom que vinha acontecendo, eis que surge uma música diferente, com letra de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, já pensaram? Mais uma vez, a soma da Bahia com o Rio de Janeiro gerou algo novo e extraordinário.
Da herança do Samba, surgiu a BOSSA NOVA.

Com apenas 27 anos de idade, João Gilberto nos deu a semente do novo na música que iria se espalhar por todos os países, como nossos jogadores de futebol, e, em qualquer lugar escutamos os compassos suaves da BOSSA NOVA.

Oricchio, no Estadão, conclui que, “já se disse que uma música assim só poderia ter nascido em época otimista como a de Juscelino Kubitschek. É tentador, mas complicado, praticar esse tipo de sociologia das artes, em que estas expressariam diretamente o momento histórico. Mas, com os devidos cuidados, a ligação pode ser feita.

Ou alguém imagina alguma coisa parecida com a BOSSA NOVA surgindo no Brasil de hoje?”

terça-feira, 10 de julho de 2018

Estratégia petista fisgou o Judiciário - O PT venceu a batalha?

Palavras sábias de uma jornalista exemplar.

Leiam o artigo de Maria Cristina Fernandes, no Valor de hoje:

Insuficiente para eleger Lula, estratégia petista fisga Judiciário

Por Maria Cristina Fernandes - 10/07/2018 - 05:00 - Valor

Ainda que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se mantenha preso, o PT venceu a batalha.

Ao levar um juiz em férias do outro lado do Atlântico a se pronunciar, facilitou a interpretação de que o magistrado é parte no processo.

O investimento do PT ainda precisa se mostrar viável, até porque as panelas, silentes face à exibição de malas de dinheiro de todos os naipes, voltaram a fazer barulho durante o noticiário da noite do domingo.

É incontestável, porém, que o partido pôs de pé sua estratégia.

Não é pouco num momento em que a única ordem visível, na política e no Judiciário, é a insegurança.

O PT age num campo de batalha em que a toga, derrotada como poder moderador, contribuiu decisivamente para tumultuar.

Não foi apenas o juiz Sergio Moro que engoliu a isca do PT ao se pronunciar, de Portugal, a pretexto de ter sido mencionado na decisão do desembargador Rogério Favreto.

Todo o Judiciário foi fisgado pela estratégia do partido,
a começar daquele que, ausente do circo de ontem, foi o magistrado que mais colaborou para fincar as estacas que o sustentam.

Parceiro inaugural da Lava-Jato, Gilmar Mendes virou a casaca sobre a prisão em segunda instância quando a operação da qual o instituto é pilar, pulou a cerca do petismo e, para se legitimar, ameaçou atingir o grupo político do qual o ministro é sócio. Ao agir sem freio para desmontar a operação, estimulou seus colegas e fez escola. Passou a ser tratado como parceiro pelo PT. O ex-advogado-geral da União no governo Fernando Henrique Cardoso nunca escondeu sua ojeriza ao partido, a quem acusava de promover a bolivarização do país. Hoje o Brasil ruma para incorporar Santa Cruz de La Sierra sem que o magistrado possa se eximir de participação no conjunto da obra.

Crescem as pressões para que o Conselho Nacional de Justiça puna tanto o juiz Sergio Moro quanto Favreto.

O desembargador, que deliberou em plantão a despeito das evidências de que a Corte de recurso seria o Superior Tribunal de Justiça e não o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, acumula cargos em sua carreira jurídica por nomeação petista, da mesma forma que Mendes e seu colega de toga, Alexandre de Moraes o fizeram em governos do PSDB e MDB.

Se der curso à punição, o CNJ vai escancarar os dois pesos e duas medidas que pesam sobre a balança do Judiciário. Ainda que os inimputáveis ministros não estejam sob o escrutínio do Conselho, nunca houve sanções, de quaisquer ordens, ao ministro flagrado em 2010 num telefonema com o então candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, antes de uma decisão da Corte com impacto na eleição. As relações de amizade do ministro não o impediram de julgar favoravelmente ao habeas corpus daquele que é considerado o Paulo Roberto Costa do tucanato, o ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza. Nem pelo arquivamento de inquérito no qual o senador Aécio Neves (PSDB) é parte.
O festival do fim de semana teve como prévia aquele que se desenrolou entre Gilmar Mendes e o juiz Marcelo Bretas em torno do prende-solta-prende-solta do empresário Jacob Barata, pai do noivo cujo casamento teve o magistrado supremo como padrinho. O ministro, no entanto, não ficou ilhado.

A liberalidade dos inimputáveis transformou a Corte num arquipélago de vontades supremas.

Na condição de presidente da sessão que, no Senado, sacramentou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, o ministro Ricardo Lewandowski foi o proponente da solução que lhe manteve os direitos políticos a despeito de vedação constitucional.

Como a punição pela contabilidade daquele governo parecesse exagerada, o bálsamo também haveria de ser criativo, por iniciativa togada e aquiescência parlamentar. Não faltou a este arquipélago nem mesmo a vanguarda iluminista do ministro Luis Roberto Barroso, que passou a advogar em nome das prerrogativas de um Judiciário legitimado a tirar o país do atoleiro no qual o Legislativo o havia jogado.

Daí para a liberalidade de Dias Toffoli, foi um passo.

O ministro seguira os passos de Mendes, como indicado do governo ao qual havia servido como advogado-geral. Às vésperas de tomar posse como presidente do Supremo, cargo do qual será empossado antes da sucessão eleitoral, mostra que pode vir a superá-lo na habilidade.

A decisão de Toffoli favorável ao habeas corpus do ex-ministro José Dirceu jogou água no moinho em que vai rodar a campanha petista. Por que todos, Dirceu, Aécio, Romero Jucá podem aguardar seus julgamentos em liberdade e até mesmo disputar eleições, menos Lula?
Numa outra queda de braço que precedeu a gincana da 4ª Região, o ministro que presidirá o Supremo na sucessão mandou tirar a tornozeleira eletrônica que Moro havia mandado colocar em Dirceu depois do habeas corpus.

A balbúrdia em que se transformou o Judiciário mostra que falta um bedel na escola de Gilmar Mendes.

A nota que a presidente da Corte, a ministra Cármen Lúcia, soltou no fim de semana tem 67 palavras.

Nenhuma delas forma a expressão Estado de direito.

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Porque tanta perseguição a LULA?

Ontem caiu a máscara do Judiciário

1 - Que os políticos se venderam para aprovar no Congresso Nacional o golpe de Estado chamado de impeachment, com o objetivo de derrubar o governo do PT e tentar impedir que LULA seja candidato, todos já sabiam;

2 - Que a imprensa teve uma responsabilidade fundamental na organização e mobilização do golpe do impeachment, também todo mundo já sabia;

3 - Que os empresários, na sua ampla maioria, patrocinaram financeiramente o golpe do impeachment, principalmente a Fiesp, era mais que evidente;

4 - Que todos eles se articularam para enganar o povo brasileiro, buscando uma forma jurídica - chamada de Lava Jato - para inviabilizar a legalidade do governo petista, aos poucos isto foi ficando evidente;

5 - Mas ontem, os representantes da ala golpista do judiciário, abusaram de seus poderes e do autoritarismo. Ninguém, verdadeiramente ninguém a partir de ontem pode alegar que a justiça no Brasil é neutra. O judiciário brasileiro está sendo usado abusivamente pelos golpistas, tendo como principal articular nacional e internacional o juiz de primeira instância, Sergio Moro.

Lula tem direito de ser candidato a presidente da República.

O processo contra o Lula é uma farsa criada para impedir que Lula volte a ser governo do povo, com o povo e para o povo.


Democracia somente com LULA LIVRE.


Chega de enganação!

- O desemprego passa de 15 milhões de pessoas.

- O custo de vida vem comendo os salários de todos.

- A violência, com assaltos e mortes, cresce em todos os níveis.

- A corrupção continua forte no meio do governo Temer e do Congresso Nacional.

- O impeachment foi uma grande enganação e uma grande mentira social.


Exigimos eleições gerais transparentes e que possibilitem de fato fazer uma limpeza no Congresso Nacional, não elegendo políticos corruptos nem apoiadores do governo Temer e PSDB.

O Brasil precisa de Nova Constituição. O Brasil precisa de governantes que respeitem o povo e a soberania nacional. Chega de privatistas e de entreguistas de nossas riquezas.

O Brasil e o Povo merecem respeito!

domingo, 8 de julho de 2018

Rogério Favreto, o juiz que levou os golpistas ao pânico

Um juiz honesto incomoda muita gente, dois juizes honestos...

O dia em que um juiz levou pânico aos golpistas do Brasil atual.


Vivemos num país em regime de exceção,
onde qualquer gesto que interesse aos golpistas é enaltecido como heroi pelos golpistas. Enquanto que, da mesma forma, qualquer gesto que fira os interesses dos golpistas, é considerado absurdo, imbecil e que ignora os direitos dos golpistas.

Depois de a seleção brasileira tomar dois gols da Bélgica, a imprensa e os golpistas achavam que o fim de semana seria tranquilo. Sem grandes surpresas. Até os juízes como Sérgio Moro saíram em férias, sem se preocuparem com a retaguarda jurídica e institucional.

Acontece que, como tudo na vida
, apareceu um juiz plantonista no TRF-4, o mesmo que fajutou o processo contra Lula, Vaccari e tantos outros, só que este juiz resolveu ser contra a interpretação constitucional dos golpistas e aceitou o pedido de Habeas Corpus, solicitado por três advogados que também são deputados federais pelo PT.

E o juiz plantonista, Exmo. Sr. Dr. Rogério Favreto,
resolveu ser coerente e respeito às leis brasileiras e mandou que soltassem o Lula.

Esta sentença levou os golpistas ao desespero:


- A Rede Globo parando o noticiário em busca de ajuda.

- A OUL, da Folha, também começou a ligar para todo mundo que assessora o mundo dos golpistas,

- os banqueiros suspenderam o lazer e começaram a exigir que não libertassem Lula.

- Até os Estados Unidos ligaram para Jugmann exigindo explicações sobre a libertação de Lula.

- FHC engasgou com o vinho francês e mandou ligar para o ministro que manda no judiciário, Gilmar Mendes.

- Até a ministra Carmen Lúcia, que gosta de agradar à Rede Globo, parou seu descanso para fazer uma "Nota de Esclarecimento" orientando o judiciário a ter juízo e obedecer aos golpistas.


O país parou!

Os simpatizantes de Lula começaram a organizar uma grande recepção e conclamou o povo a ir para as praças, como na Revolução dos Cravos em Portugal, no dia 25 de abril.

Os golpistas começaram a ligar uns para os outros
exigindo a manutenção de Lula na prisão. Afinal, Lula solto e fazendo campanha eleitoral ganha a presidência da República no primeiro turno.

Deram um golpe de Estado para depois entregar o governo para Lula?


Um juiziho não pode ignorar a força dos golpistas.

Moro suspendeu suas férias e foi tomar providências. Chamou o presidente do TRF-4 e mandou que ele revogasse a libertação de Lula e que afastasse o juiz desobediente. Afinal, o governo foi dado para que algumas pessoas mandassem e milhões obedecessem. E manda quem pode e obedece quem tem juizo, ou é servil, medroso e covarde...

E somente à noite foi conseguido acabar com a teimosia do juiz Rogerio Favreto que insistia em mandar soltar Lula.

Parecia a guerra de Espártaco!
Parecia que os pobres iriam ter direitos novamente! Parecia que Lula já tinha ganho as eleições e que iria revogar as leis dos golpistas e tirar os poderes dos juizes golpistas da Lava Jato.

Já tinham até pensado em pedir ajuda a Quarta Frota da Marinha americana,
já que as Forças Armadas brasileiras andam com medo do Judiciário brasileiro.

Amanhã vai ser outro dia,

com calma e sem medo de ser feliz,
isto é, a felicidade dos golpistas por enquanto está garantida...

E se o povo resolver sair para as ruas e praças exigindo a libertação de Lula?


Com o povo na rua a conversa é outra, aí os golpistas vão chamar as Forças Armadas. Só falta ver se os militares obedecerão aos golpistas e vendilhões da riqueza nacional e da nossa soberania. Da mesma forma que há juizes honestos, também há milhares de militares honestos e que defendem o Brasil.

O povo, na rua, derruba a ditadura!


Cantávamos nos anos 60, 70 e 80...

Reconquistamos à Democracia que foi violentada novamente
agora por golpistas civis e a mando novamente dos Estados Unidos. só que a UDN de 1964 agora é chamada de PSDB. O PMDB é apenas capacho do PSDB.

Vai chegar a hora de o povo voltar às ruas exigindo o fim da ditadura e da carestia. Por Anistia e por uma nova Constituinte.

Vai passar...

Futebol, Cinema, Música e Literatura formam o novo

O novo passa pelo velho

O Brasil gosta de viver no saudosismo,
vivendo exaltando um passado que, quando foi presente, convivia com muitas mazelas. Mas este era e é o Brasil.

Um economista conservador criou o termo "Belíndia",
mostrando um Brasil que parecia ou era melhor do que a Bélgica - tipo São Paulo e o Sul do Brasil - e um Brasil que parecia muito ou mais do que a ÍNDIA - tipo Belém do Pará e o Nordeste brasileiro.

Hoje, apesar de o Estado de São Paulo ser mais rico que a Bélgica, no futebol, tomamos um banho da Bélgica - que jogou parecendo o Brasil de antigamente. Já o governo ilegítimo de Temer, está transformando o Nordeste e o Norte numa grande Índia - apesar de a ÍNDIA viver uma situação econômica melhor do que o Brasil.

O Futebol globalizou-se e já não existe amadores...


O cinema também globalizou-se.


Qualquer filme passa simultaneamente no mundo todo, com exceção dos países ortodoxos que proibem filmes que possam ser mais modernos que os governos vigentes. Kurosawa, Bergmann, Nelson Pereira dos Santos, Glauber Rocha, Trouffaut... E Hollywood que abastece o mundo.


A Música, ah, a música.


Está em toda parte que você vá. Desde as músicas boas, até as vulgares e insinuantes...

Quanto à Literatura,
as mais antigas são as mais valorizadas. A começar pelos livros religiosos como a Bíblia, o Alcorão e o Torá. A falta de ideologias confiáveis, as religiões, que eram o ópio do povo, apesar da modernidade das ciências, e o fim do bloco soviético materialista, as religiões voltaram mais conservadoras que antes da dialética e da Escola de Frankfurt...

Todos os temas acima, para sensibilizar os jovens e as massas globalizadas, precisam beber na fonte das culturas antigas.

Um bom exemplo disto é o jornal Folha de São Paulo deste domingo:

1 - Tem um caderno sobre a Copa de 2018 na Rússia
, onde não aparecem páginas de propaganda do banco Itaú, patrocinador de todas as seleções - parecendo que Nizan Guanaes está pesquisando como justificar o desempenho da nossa seleção... Mas há analistas em todas as páginas agora procurando bodes expiatórios.

Evoluímos, mas estamos atrasados na competição mundial.

2 - Já o Caderno Ilustríssima
, tem quatro ou cinco páginas inteiras analisando a produção cinematográfica de INGMAR BERGMANN, um dos principais nomes do cinema no século 20 e que já virou um imortal para todos os séculos. 100 anos de Bergmann...

3 - No Ilustrada
, temos uma página inteira com Mônica Bergamno entrevistando e escrevendo sobre uma raridade da nossa música brasileira: ALCEU VALENÇA. Este diz coisas maravilhosas, sinaliza caminhos para todos os jovens e velhos. Um grande brasileiro.

4 - E para não dizer que não olhei o Estadão, no Caderno 2 tem uma bela foto de ANTONIO CÂNDIDO
. O maior crítico literário que já tivemos.

Pois é, o Brasil do passado não pode ficar congelado em nossas mentes.
O Brasil do futuro não pode ser nossa visão idílica que não se materializa.
E o Brasil de hoje não pode continuar sendo esta tragédia coletiva que todos se recusam a retratar, seja na TV, nos jornais, nas revistas ou na literatura.

Será que
vamos ter que passar por mais tragédias e mais destruição de nossa soberania?

Será que,
para interromper este período de insanidade, tenhamos que passar por uma guerra civil, que nunca tivemos?

Ou será que
teremos condições de unir os jovens aos velhos e que, juntos, aceitando nossas diferenças, teremos condições de construir um pacto social onde o Brasil esteja em primeiro lugar, sendo o Brasil prioritariamente para todos os brasileiros em vez de priorizar o "deus do mercado", o deus de Mamom?

Na Literatura, nacional e internacional,temos muitos livros e obras primas que poderão nos ajudar...

O ditado popular diz que não se deve discutir futebol, religião nem política. Mas é tudo que estamos precisando:

1 - fazer autocrítica do futebol sem ser destrutivo;

2 - construir soluções que ajudem a separar a religião da politicagem;

3 - discutir, organizar e transformar a política nacional. Seja pelo voto ou pelas manifestações. Ninguém aguenta mais...


"Brasil, mostra sua cara..."

sábado, 7 de julho de 2018

Rússia vê brasileiro ser Herói e depois Vilão

Fernandes, o brasileiro que deu alegria à Rússia

Um grande jogo na tarde deste sábado: Rússia contra Croácia

Rússia saiu na frente, depois a Croácia empatou, no segundo tempo a Croácia fez 2 x 1 e, quando todo mundo achava que não tinha mais jeito, eis que um brasileiro, naturalizado russo, jovem e simpático empata o jogo e a Rússia comemora em pé e às lágrimas de alegria.

Agora a disputa foi para os pênaltes.

E a disputa estava pau-a-pau quando o garoto FERNANDES chutou a bola, ou bateu o pênalte meio com raiva e com displicência, seu EGO estava cheio demais e a bola foi PARA FORA!!! Cabendo à Croácia administrar os pênaltes restantes e ser a vencedora. Passando para a próxima fase.

Ainda bem que os russos são muito tolerantes e vão ajudar Fernandes a superar este trauma. Afinal, a Rússia é um mãe...

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Brasil perdeu com dignidade

A Bélgica jogou mais e mereceu vencer

Estava previsto que seria um dos jogos mais difíceis do Brasil.

Estava previsto que, se ganhasse da Bélgica, enfrentaríamos a França, que vem comendo pela beirada nesta Copa.

Estava todo mundo contente com a evolução dos meninos de Tite
, desde quando Tite assumiu com a responsabilidade de encontrar jogadores com condições de recuperar a autoestima no futebol brasileiro.

Tite optou em manter os meninos que levaram 7 a 1 da Alemanha.


Desafio grande que Tite fez muito bem, sendo classificado em primeiro lugar nas preparatórias, depois ganhando quase todos os jogos amistosos e sendo classificado na primeira fase também em primeiro lugar. Ganhou também do México com firmeza e tudo sinalizava que ganhariamos da Bélgica.

Por que não ganhamos da Bélgica?


- primeiro porque eles jogaram melhor;

- segundo porque eles fizeram gols em momentos importantes;

- terceiro porque eles souberam marcar com competência, aproveitando-se das grandes estaturas de seus jogadores;

- quarto porque, quando não podia errar, Tite errou em manter Gabriel Jesus por muito tempo quando ele não vinha bem;

- quinto porque, mesmo todos percebendo que hoje Willian não estava brilhando, Tite demorou em substitui-lo;

- sexto porque, os meninos, apesar de reagirem bem melhor do que nos 7 a 1, os meninos ainda não estão maduros e os nervos tomaram conta do futebol.

Pior foi ver o goleiro do Uruguai falhar.
Nós choramos juntos. Um erro num momento que nunca poderia acontecer... Nossa solidariedade. Com Mujica, viramos todos uruguaios.

Onda pessimista na América Latina.


Da mesma forma que as ditaduras civis e os governos de direita estão tomando conta da América Latina, no futebol, todos fomos derrotados e não haverá latino americano nas finas da Copa da Rússia.

Os europeus vão dançar um tango, depois um samba e um chá chá chá, regadas à picanha maturada com chá e muito sol do Caribe.

Devemos reconhecer que estamos numa fase ruim.

Mas Tite e seus meninos estão de parabéns!


Perdemos no jogo, mas PERDEMOS COM DIGNIDADE.


Algo que vem faltando muito no Brasil atual.

Há momentos da vida que perder é ganhar ou que ganhar é perder.

Daqui a quatro anos teremos nova Copa do Mundo e, se o mundo não estiver em guerra, Tite e seus meninos estarão mais maduros e poderão ser campeões do mundo mais uma vez.

Esta Copa promete ser de um dos países que investiram em inovação, juventude, preparo físico e ousadia.

Que venha 2022!

BOEING compra EMBRAER no dia de JOGO DO BRASIL

A ditadura civil imita a ditadura militar

Durante a ditadura militar, toda vez que eles queriam aprovar alguma lei contra o povo e os interesses econômicos nacionais, sempre realizavam algum jogo amistoso da seleção brasileira e contava com a "colaboração" da imprensa para não dar destaque às notícias ruins.

Os jornais brasileiros compartilham hoje a importância do jogo do BRASIL contra a Bélgica, valendo vaga na semifinal, podendo ser campeão mundial, com um título que esconde o fato relevante, como fez o jornal Valor.

Vejam a principal manchete do Valor:

A chamada enganosa: "BOEING E EMBRAER FECHAM ACORDO"

A chamada correta seria: Boeing COMPRA Embraer


Vejam o texto no corpo da matéria sobre o assunto:

"A gigante AMERICANA Boeing anunciou ontem acordo para COMPRAR A EMBRAER, líder mundial na fabricação de aviões de até 150 lugares e ícone da indústria brasileira."

O acerto prevê a compra, pela Boeing, de 80% do segmento de aviões comerciais, O MAIS LUCRATIVO DA EMBRAER, por US$ 3,8 BILHOES (cerca de R$ 14,9 bilhões de reais).

Com o acordo, a Boeing consolida sua liderança global no segmento comercial, com portfólio de 70 a 450 assentos. Como a Airbus - europeia - comprou a canadense Bombardier, maior rival da Embraer, a Boeing - americana - teve que pagar relativamente caro pela compra da Embraer.

Os golpistas brasileiros estão destruindo a economia brasileira e implodindo com nossa soberania nacional. Estão privatizando tudo a toque de caixa porque sabem que vão perder as eleições de outubro.

O Brasil é um dos únicos países que não têm indústria automobilística, como tem a COREIA, o JAPÃO, a Itália, a França, a CHINA, a Índia, os Estados Unidos e a Inglaterra.

No setor de avião, o Brasil era o melhor do mundo em seu segmento. Agora vende 80% para empresa americana, aumentando sua subordinação ao governo e às empresas americanas.

Esta sanha entreguista do PSDB, aliada ao vale-tudo do PMDB de Temer, está destruindo tudo foi construído desde a industrialização paulista com o ciclo do café.

É A MAIOR VERGONHA DA NOSSA HISTÓRIA.

E OS EMPRESÁRIOS BRASIEIROS CALAM-SE BOVINAMENTE.

Seguidos pelo silêncio das Forças Armadas...

E A IMPRENSA ATUA COMO PORTA-VOZ DOS ESTADOS UNIDOS.

Dá para entender porque prenderam Lula e não querem deixa-lo ser candidato a presidente.

Vergonha, Vergonha e Vergonha.


Só falta entregarem aos americanos a Petrobras e o Banco do Brasil...

quinta-feira, 5 de julho de 2018

BRF começa a ser desmontada

SOB NOVA DIREÇÃO

Como parte da destruição das empresas públicas e privadas que contribuíram diretamente com os governos de Lula e Dilma, as "forças ocultas"

conseguiram DERRUBAR ABILIO DINIZ da presidência da BRF.

O novo presidente da BRF, PEDRO PARENTE
, homem ligado a José Serra, anunciou uma freada de arrumação para tirar a empresa da crise.

O que PROVOCARÁ DEMISSÕES DE MAIS DE 4.000 FUNCIONÁRIOS NO BRASIL.

COM A VENDA DE ATIVOS e outra medidas como a antecipação de recebíveis,

a BRF pretende obter R$ 5 bilhões ainda neste ano.


A BRF também pretende vender operações na EUROPA, na ARGENTINA, e na TAILÂNDIA.

Estas operações foram responsáveis por mais 3 bilhões de reais em vendas no ano passado.


A BRF VAI CONCENTRAR A ATUAÇÃO NO BRASIL, ONDE É A LÍDER COM AS MARCAS SADIA E PERDIGÃO.

No mercado, também há dúvidas sobre o sucesso da venda dos ativos na ARGENTINA, onde a BRF é dona de marcas líderes nas categorias de salsicha e hambúrguer.

No longo prazo, a saída da Tailândia poderá ser vista como um greve erro.


As informações acima foram colhidas do jornal VALOR de 30 de junho. Contando com o bom trabalho de Luiz Henrique Mendes.

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Futebol, samba e cerveja... Brasil!!!

O futebol moderno vai se definindo

A vida imita a arte do futebol?

Sem combinar com a concorrência, as seleções de países fornecedores de jogadores foram treinando muito e aplicando o que aprenderam nos países ricos.

Além de saberem futebol, aprenderam falar várias línguas
e a valorizar o planejamento coletivo como fatores relevantes
para disputar um campeonato como a Copa do Mundo.


AS PERGUNTAM QUE TODOS QUEREM SABER:



E se a Rússia ganhar o próximo jogo?

E se a Croácia não tiver o mesmo desempenho?

E se o Uruguai continuar ganhando, mesmo sem Cavani?

E se a França ganhar do Uruguai?

E se a Inglaterra perder o próximo jogo e ficar fora da final?

E se a Suécia continuar jogando bem e tendo sorte?

E se o Brasil tiver que jogar contra a França, vai amarelar?

E se a Bélgica continuar com a macaca e surpreender o Brasil?


Tudo pode acontecer daqui para a frente.



Esta Copa da Rússia, como tudo que é russo, cresceu em silêncio e já ganhou a opinião pública mundial.

Não há como negar: ESTA COPA DO MUNDO ESTÁ SENDO UM SUCESSO!

Sucesso maior ainda será se o BRASIL FOR CAMPEÃO!

Vamos Tite!

Mantenha estes meninos animados, com coragem e muita energia.

Faltam poucos jogos para acabar. E aí poderão comemorar à vontade.

terça-feira, 3 de julho de 2018

Colômbia dá maior canseira na Inglaterra

Desempenho valorizado

A Inglaterra, que vinha de salto alto, quase perdeu para a Colômbia. Bem que merecia perder. A Colômbia vinha sendo uma das boas surpresas desta Copa.

A Suécia, por sua vez, conseguiu safar-se da Suíça, que ameaçava ser a grande revelação.

Agora os oito finalistas estão definidos e quem bobear vai dançar...

No esquema perdeu-saiu, não existe margem para erros primários.

Da América Latina restaram apenas Uruguai e Brasil. Um destes dois pode ser campeão.

a França vem comendo pela beirada e a Rússia continuará fingindo de morta para derrotar os adversários.

A Croácia tem sido a melhor seleção em termos de inovação.

Mas a Bélgica e o Brasil vêm mostrando um futebol de resultado. Ganhando o suficiente para não ser surpreendido.


Nesta copa não tem inocentes, quem não percebeu isto perdeu grande oportunidade de continuar, como foi o caso do Japão.

Se continuar jogando com a seriedade dos últimos jogos, o Brasil continuará com possibilidades reais de ser o grande campeão, depois do vexame do 7 a 1. Vadre retro Satanás...

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Copa do Mundo integra e anima

A Copa na Rússia já mobiliza o mundo...

1 - Animados com o futebol revolucionário que alguns países estão mostrando, de canto a canto da Terra as pessoas estão desacelerando o trabalho para acompanhar as partidas.

Nesta segunda-feira, tivemos o maravilhoso jogo do Brasil, onde finalmente William brilhou, Neymar não reclamou das quedas e pisadas, e toda a equipe jogou muito bem, prevenindo-se contra o bom ataque do México e o risco de ter prorrogações ou disputa nos pênaltis.

Deu tudo certo e tivemos uma boa vitória contra o México, eu fez um jogo vencedor contra a Alemanha.


Já à tarde, o Japão deixou a Bélgica atordoada ao fazer 2 a 0. O problema foi que os japoneses não tiveram experiência para segurar o placar, deixando os belgas empatarem em 2 a 2 e no último minuto da prorrogação normal, furar o bloqueio japonês e fazerem 3 a 2.

A partida mais sofrida desta copa. Eu preferia o Brasil jogasse com os japoneses. Afinal, no Brasil residem mais de um milhão de japoneses...


2 - O futebol unifica os povos e aumenta o lazer...

Com o bom desempenho do futebol na Rússia, tem crescido também as visitas de internautas ao nosso blog.

Chegamos a 3.360 postagens, 610 mil visitas e 136 países e/ou Territórios...

A visita mais recente foi de alguém em ILHAS TURKS e CAICOS, território britânico no CARIBE. Lugar paradisíaco e cheio de belas praias e ótimos hotéis.

Imposto Sindical precisa acabar?

Uma verdade pode ser transformada em muitas mentiras...

Por que a direita, os empresários, parte do judiciário e grande parte dos parlamentares querem acabar com o Imposto Sindical?

1 - Porque querem enfraquecer os sindicatos e as centrais sindicais;

2 - Porque querem que os empregados NÃO procurem os sindicatos;

3 - Porque não querem que os empregados participem das campanhas salariais;

4 - Porque os empresários vivem dos BILHÕES DO SISTEMA S, e não precisam mais do imposto sindical;


O imposto sindical é democrático?

1 - Não, por ser um imposto em vez de ser uma contribuição voluntária;

2 - Por não ser democrático, a CUT sempre defendeu o fim do imposto sindical;


Como os não sócios participariam das campanhas salariais e se beneficiariam dos resultados?

1 - Além das campanhas serem abertas, as assembleias também são abertas à categoria profissional que estiver em campanha e, quando for assinar o acordo salarial, para que os não sócios também recebam os benefícios, eles precisarão pagar uma CONTRIBUIÇÃO NEGOCIAL, OU TAXA NEGOCIAL, aprovada em Assembleia;

2 Por ser a campanha salarial para milhares de pessoas, os não sócios que NÃO quiserem Pagar a contribuição negocial, deverão comunicar ao sindicato e à empresa de que não vai contribuir com a campanha salarial e que está ciente de que, por não contribuir nos custos da campanha, também não terá direito aos benefícios;


Na verdade,
em vez de respeitar o direito de livre organização dos trabalhadores e trabalhadoras, a direita conservadora brasileira, liderada pela imprensa, está usando o legislativo e o judiciário para prejudicarem os trabalhadores.

É preciso acabar com o Imposto Sindical,

é preciso respeitar a livre organização e
a autonomia de classe.

Sindicato democrático é sindicato sem interferência do patrão e do judiciário.

domingo, 1 de julho de 2018

Copa do Mundo na Russia pega fogo

No mata-mata, quem não faz gol, toma...

1 - No sábado pela manhã,
vi a França jogar bola como faz tempo eu não via. Fiquei com pena da Argentina, jogou bem, se esforçou mas não percebeu a dinâmica da juventude da seleção da França.

A França teve a ação determinante dos jogadores de origem africana que abrilhantaram esta Copa na Rússia.

Parabéns à França e nossa solidariedade aos argentinos.


2 - Na tarde do sábado
, foi a vez de ver o Uruguai engolir Portugal. Por mais que a gente goste de Portugal, por ser nosso antepassado, o Uruguai é nosso vizinho querido e grande parceiro dos brasileiros.


3 - Já no domingo pela manhã,7
foi a vez de ver a fria Rússia dar um belíssimo susto na Espanha. Ninguém acreditou durante o jogo e depois que o juiz apitou o final da partida, da prorrogação e dos pênaltis.

De chorar ver o Messi ficar fora da copa, ver o Cristiano Ronaldo ficar fora da copa. E ainda teve futebol à tarde.


4 - À tarde foi a vez da Croácia jogar com a Dinamarca
. Todo mundo esperava uma goleada da Croácia, mas quem abriu o placar foi a Dinamarca. O gol mais rápido desta copa. Precisou apenas de um minutos de futebol.

Poucos minutos depois a Croácia empatou e o jogo foi aquele rame-rame, foi para a prorrogação e nada, houve até perda de pênalti da Croácia.

Mas, na hora dos pênaltis, foi um grande carnaval e de comemorações dos goleiros.


5 - Amanhã pela manhã será nosso grande dia de enfrentar o México
que derrotou a Alemanha.

Esta copa está mostrando que não há vencedor por antecipação. Dos grandes, só está faltando cair a Inglaterra.

Amanhã o Brasil ficará em silêncio, querendo ver uma grande vitória. Mesmo que seja de um a zero...


6 - Na parte da tarde
será a vez da boa seleção da Bélgica jogar com o complicado Japão. A Bélgica não perdeu nenhuma partida até agora.


Amanhã à noite atualizaremos sobre os jogos do da segunda e os preparativos para os jogos da quarta-feira.

Seja o que Deus quiser e que formos capaz de jogar.