sábado, 2 de junho de 2018

Brasil, Venezuela, México e Nicarágua na fogueira eleitoral

As novas ditaduras neoliberais

O BRASIL NÃO ESTÁ NA DEMOCRACIA!


O Brasil vem de um golpe de Estado comandado pelo judiciário, por empresários, a imprensa e os partidos conservadores ou de direita, contando também com o apoio das Igrejas Evangélicas. A partir do golpe o Brasil passou a ser governado por uma maioria parlamentar que não foi eleita para fazer o que está fazendo. Portanto, temos um governo ilegítimo e uma ditadura civil. A corrupção e o narcotráfico ameaçam a ditadura que não consegue diminuir a violência, principalmente no Rio de Janeiro.

A Venezuela vem de um processo quase de guerra civil.


Onde há eleições onde metade do país não participa, caracterizando-se como um país com parlamento, mas sem paz política, social e econômica. Com um governo que tem o apoio dos pobres e das Forças Armadas. Com os novos aumentos do preço de petróleo, talvez a Venezuela volte a ter crescimento econômico e paz social. Os Estados Unidos lideram os países da América Latina que querem derrubar o governo venezuelano e colocar um governo neoliberal e serviu aos Estados Unidos.

O México é o país que se encontra em melhor situação eleitoral.


Apesar do forte controle do narcotráfico em todas as áreas. No dia 1o. de Julho teremos eleições no México e a oposição está com ampla vantagem. Só falta os Estados Unidos mandarem dar um golpe de Estado no México, prender o candidato popular e depois chamar eleições somente com candidatos da direita. Vamos aguardar...

A situação mais desesperadora é da Nicarágua.


Tem um governo eleito, porém com dificuldade de manter os empregos e o nível de renda da população. A direita que sempre foi forte e bancada pelos Estados Unidos, cresce socialmente e estão promovendo manifestações violentas, levando o governo e as forças de segurança a exagerar na repressão, matando centenas de pessoas. Mais um país ameaçado pela guerra invisível dos Estados Unidos...

A Argentina e o Chile que abram os olhos.


Paraguai já caiu nas mãos dos neoliberais
e o Uruguai sofre pressão diária.


Para onde caminha a América Latina?


Por falar em falta de democracia, eleições sem Lula é fraude!

Nenhum comentário:

Postar um comentário