quarta-feira, 16 de maio de 2018

Judiciário do PSDB

Partidarização do Judiciário

Um juiz, além de conhecer as leis, saber aplicá-las com discernimento, deve preservar sua imagem pública.

Juizes que tiram fotos com políticos e empresários, passam a imagem de promiscuidade, de locupletação, de também ser parte daquele partido ou estar a serviço daqueles empresários que estão nas fotos.

Lembram da foto de Sergio Cabral com os empresários em Paris?


Lembram da foto de Moro com Aécio Neves?


Agora Moro aparece com Doria,
candidato do PSDB em São Paulo.

Uma foto diz mais que mil palavras. Várias fotos...


Todo mundo sabe que o PSDB foi o partido que mais articulou o golpe de Estado, também chamado de impeachment.

Todo mundo sabe que o PSDB manda no governo Temer
, tanto pelo partido, como pela imprensa e pelo judiciário. O PMDB virou laranja do PSDB. E ainda é desprezado como pessoa de má imagem pública...

O PSDB, como não conseguia derrotar Lula
, apoderou-se do judiciário, passou a usar a imprensa e o apoio das multinacionais para derrubar o governo, implantar um governo ilegítimo, com um Congresso nacional corrupto e assim privatizar tudo e fazer as reformas contra o povo brasileiro. Aplicou a política neoliberal e entregou nossa soberania nacional.

O PSDB, usou o PMDB, para transformar o Brasil num país serviçal dos Estados Unidos.

O importante é que, aos poucos, o povo vai percebendo a partidarização do judiciário, o povo vai percebendo a perseguição a Lula e o povo também vai percebendo que a prisão de Lula foi para tentar impedir que Lula seja candidato a presidente da República.

Vivemos sob uma ditadura civil-jurídica,
uma ditadura disfarçada de legalidade sem legitimidade, onde a imprensa tenta o tempo todo enganar o povo, escondendo os fatos relevantes e promovendo os golpistas.

Não adianta esconder, ELEIÇÕES SEM LULA É FRAUDE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário