quarta-feira, 9 de maio de 2018

95 anos de vida é um aniversário especial

Hoje nossa mãe faz aniversário: 95 anos

Uma pessoa que participou do progresso do Brasil

Além de criar sete filhos, sempre gostou de cantar e de contar histórias.

Mesmo tendo estudado somente até o segundo ano, leu mais de mil livros...

Nascida em Miguel Calmon - Bahia, mudou-se com a família para Serrinha onde vive até hoje.

Viu o filhos partirem em busca de empregos e de faculdades, viu os filhos e netos viajarem pelo mundo e trazerem lembrancinhas que decoram a casa e as histórias.

Viu o marido trabalhar muito para sustentar a família e viu a saúde do marido deteriorar-se enquanto ela manteve a lucidez. Na saúde e na doença; na alegria e na tristeza. Sempre juntos...

Neste ano, 2018, viu e sentiu muito a morte de um dos sete filhos. Mas, como religiosa, sabe que a morte é algo previsto para todos que estão vivos.

Sempre que leio os livros de Zuza Homem de Mello e vejo as músicas analisadas lembro de ouvir nossa mãe cantando. Fosse as marchinhas, as valsas e, principalmente, os samba-canção. Francisco Alves,Noel Rosa, Nelson Gonçalves, Dolores Duran e tantos outros.

Os filhos e filhas telefonam para dar "Aquele Abraço" por telefone, os netos mandam suas lembranças e os bisnetos se juntam aos netos e filhos para cantar "Parabéns para você".

São 95 anos participando do progresso do Brasil. Começando numa Miguel Calmon rural e vivendo a maior parte da vida em Serrinha. Mas, falando com o Japão, com a França, com Brasilia, com Minas e com São Paulo. Uma mulher plugada no mundo...

Quem conhece Dona Celina e seu marido, Seu Otávio, entende bem o que as palavras acima significam.

A família de meu sogro escreveu um livro sobre a história do imigrante japonês, quem sabe nossa família escreva também um livro falando deste casal que sempre valorizou o estudo, o trabalho e a vida familiar.

Parabéns, Dona Celina.
Nós todos gostamos muito da senhora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário