quarta-feira, 21 de março de 2018

Carmen Lúcia e a Imprensa estão deixando Andrézinho louco

Armação ilimitada... Haja coração!

Eles não contam a técnica pra vcs, mas a gente conta...

André Luís Rodrigues

21/03/2018 – André no Facebook •

Alguns, com quantidade de neurônios adequada, devem estar se perguntando o pq a imprensa está dando tanto destaque para o assassinato de Marielle, uma "radical" de esquerda e, inclusive com tv's e rádios insistindo em desmentir as calúnias que os fascistas inventaram sobre Marielle. Parece nobre a atitude da imprensa. Mas não é de graça não.

É politicamente bem calculado.

Se num primeiro momento não era possível fazer de conta que era só mais um assassinato no RJ e num segundo momento não era possível ignorar a repercussão internacional, o terceiro momento trouxe uma pergunta: que proveito podemos tirar dessa morte?

Em 2013 a imprensa soube direitinho como tirar proveito da situação.

E agora está fazendo o mesmo.
Como assim? Fácil. Vc passa uma ideia de democrático, que dá espaço para a esquerda e dá a entender que há uma esquerda que se corrompeu e que não merece mais atenção. O cadáver de Marielle é ótimo para isso. Afinal, ela não existe mais. Façamos as devidas homenagens, pressionemos para que achem os culpados e pronto. A imprensa "limpa" sua barra.

Mas não é só isso que está acontecendo.

A imprensa, sempre bem combinada com Sergio Moro e o STF, fez duas "coisinhas", visando a "naturalização" de suas teses.
A primeira foi Moro pedir a prisão do presidente da Engevix, argumentando que ele foi condenado em segunda instância, emitindo inclusive um texto arrogante, sugerindo que o STF ameaçava rever prisões e que isso é um perigo.

A imprensa, de mãozinhas dadas com Moro, mostrou exaustivamente o presidente da Engevix: um senhor de cabelos branquinhos, de aparência frágil, em imagens antigas, sendo conduzido à polícia. Tipo, "Aqui, a lei é para todos!".

Subliminarmente, impossível não pensar em Lula, que, já com mais de 70 anos e cabelos ralos e condenado (sem provas, diga-se) também pode ser preso. "Natural", né?

Se o velhinho da Engevix pode ser preso, pq Lula não pode?
Inicia-se assim uma naturalização das coisas, não interessando se há provas ou mesmo se a pessoa é inocente.

Se pavimenta um sentimento de vingança, de punição, mesmo que não se saiba com certeza porque.
Depois, vem a segunda jogada.

Botam a Cármen Lúcia, presidenta do STF para dizer, obedientemente, que não vê sentido em "não prender" quem foi condenado em segunda instância.

Veja o absurdo da coisa: a presidenta da maior instância da justiça no país, jogando no lixo o princípio do "Transitado em julgado ".

Prenda-se e pronto. Depois vemos se é inocente ou se há provas.
Mas, finalmente, não parou por aí.

Desde ontem à imprensa não para de falar do ex-presidente da França, Nicolás Sarkozy, que foi detido para esclarecimentos sobre supostas propinas e financiamento ilegal de campanha, com dinheiro, pasmem, de Muhamad Kadhafi, presidente assassinado da Líbia, com apoio inclusive do próprio Sarkozy.

Querem fazer sua cabeça que será "normal" prender Lula.
O que significa tirar da disputa presidencial o único que realmente tem base social para "chutar o balde" (coisa que ele deveria ter feito antes, é bom que se diga) e anular as atrocidades que o traidor Temer promoveu.

Não há provas contra Lula.
Contra os que acusaram Lula e Dilma sobram provas materiais, documentais e malas e malas de dinheiro. Observe-se também que apesar de todas as provas, nenhum tucano foi preso.

Fica uma pergunta.

Lula, desde 1978 é o cara mais vigiado do Brasil. Ficam à espreita, para pegá-lo no 1° Real que ele pegar ilicitamente. Nunca provaram nada e muito menos acharam qq centavo que não tenha sido devidamente declarado ou ganho.

André, deixa de ser chato, qual é a pergunta? Que saco, fica dando voltas...
A pergunta é:

Lula é um gênio ou somos 207 milhões de incompetentes que não conseguimos provar que ele de fato roubou alguma coisa?

Vai aparecer alguém ak e perguntar: e os delatores, André?
E eu respondo já: um delator é um corrupto assumido que só quer escapar da prisão e preservar os milhões que não acharam. Quanto vc acha que vale a palavra de um delator assim?

Desculpem a longa reflexão. Pensem nisso.


Nota do blog:

Se estão conseguindo deixar uma pessoa experiente e culta como Andrezinho quase doido, imaginem o que eles estão conseguindo fazer com as pessoas mais simples. Lembrem-se de 1984 de George Orwell...

Nenhum comentário:

Postar um comentário