domingo, 4 de março de 2018

A vergonha de ser golpista

O que importa é impedir Lula de ser candidato?

Os golpistas querem ver Lula condenado, fora das eleições e preso.
Os golpistas sabem que, se Lula for candidato, ganha no primeiro turno.

Logo, mesmo constrangidos por serem favoráveis ao golpe
e à condenação de Lula de forma forjada,
para os golpistas, o que importa é impedir a volta de Lula.
Mesmo que sejam chamados de antidemocráticos e de golpistas...

Os golpistas precisam das eleições
para "legitimar" as reformas criminosas contra o povo brasileiro e contra a Soberania Nacional.

Ao obrigar o povo a votar e usar medidas contorcionistas para impedir que o PT ganhe as eleições, os golpistas dirão aos representantes internacionais que agora foram eleitos para executar o programa neoliberal e que a economia vai melhorar com "o novo governo eleito", mesmo que seja eleito por WxO, como Alckmin pretende se eleger.

Esta semana será mais uma semana decisiva
com o julgamento dia 06 do recurso de Lula no STJ. Mesmo todos sabendo que o STJ é apenas uma etapa para se chegar ao STF, a imprensa irá destacar como "fato irreversível" a condenação de Lula em um processo forjado para condená-lo.

Estes processos são todos programados para tornar Lula inelegível
, humilhá-lo como fizeram com Tiradentes e também para mostrar para o povo o que "a elite reacionária e golpista" faz com quem não lhe obedece. Vocês já ouviram falar em "Yes, man"? É aquela imagem criada para mostrar que "vence na vida quem obedece, quem diz sim". Aos aliados, tudo. Aos inimigos, a lei. Lembram-se?

É preciso resistir, argumentar, desmontar as manipulações, denunciar as omissões e responder a cada provocação. Mas, fazer tudo isto com qualidade, com consistência e com humildade. Precisamos perseverar. Nós estamos com o povo, com o projeto comprometido com o povo brasileiro e com capacidade de provar por a+b que estamos certos.

A verdade nos libertará.

Eleições sem Lula é fraude.

Nenhum comentário:

Postar um comentário