terça-feira, 27 de março de 2018

A direita atiçada

O vale-tudo contra Lula

A direita brasileira perdeu o pudor.
Virou cucaracha, perdeu a vergonha e conta com o apoio também da imprensa de direita e com o apoio dos governadores golpistas e suas polícias militares.

Fosse o MST que estivesse fazendo 10% do que a direita gaúcha está fazendo e a canalha fascista estaria pedindo proteção das FORÇAS ARMADAS.

Os petistas, como se fossem jovens estudantes, mostram-se surpresos com tanta violência e tanta conivência. Esquecem que o Brasil sempre tentou esconder seu lado violento. No Brasil, pobres e negros raramente enfrentaram os latifundiários e empresários gananciosos e inescrupulosos. Aqui o lema sempre foi "manda quem pode e obedece quem tem juízo".

Agora, a luta de classe está explicitada.
Já não dá para segurar, como cantava Gonzaguinha...


Não é o povo gaúcho que está contra Lula. Estes manifestantes conservadores, são os mesmos que lutaram contra os Tenentes em 1922, são os mesmos que foram contra Getúlio em 1930 e são os mesmos que foram favoráveis ao golpe de 1964, e participaram ativamente deste Golpe de Estado contra Dilma e contra o PT.

No Rio Grande do Sul também tem o povo que elegeu Olivio Dutra,

Paim, Tarso Genro e tantos outros políticos do PT e da esquerda.

Mas o PT não deve viver de passado, precisa entender esta nova realidade e se preparar para enfrentar todos os representantes do conservadorismo. A baixaria vai ser diária... Precisamos "Orar e Vigiar".

Teremos que aprender a conviver com "a Paz armada".

O Brasil está se transformando num México,
ou numa Israel, ou talvez numa Venezuela...

Lula não pode aceitar provocações.

Lula deve continuar dialogando com o povo brasileiro.
Lula deve continuar sua pregação nacional e internacional
Lula não deve estimular violências.

É preciso saber combinar o tático com o estratégico.
é preciso pregar a solidariedade, a fraternidade,
é preciso pregar o Brasil para todos, com todos
e de todos.

Precisamos garantir que haja eleições honestas,
transparentes, com a participação de Lula e
de todos que queiram ser candidatos.
Eleições sem Lula é fraude.

Na Democracia, quem decide é o POVO.


Nenhum comentário:

Postar um comentário