quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

PSDB quer privatizar a Petrobras

Liberação dos demônios tucanos

O PSDB, a partir de FHC, especializou-se em ser eleito falando uma coisa e, depois de eleitos, fazer outra coisa.

Isto é, na campanha eleitoral só falava o que o povo queria ouvir. Como mais emprego, custo de vida mais barato, mais políticas públicas e por aí ia... Depois de eleitos, diziam que precisava privatizar tudo, aumentar os pedágios, negar transparência na gestão e nomear os amigos empresários para os cargos públicos.

Depois de perder quatro eleições presidenciais seguidas, resolveram dar um golpe de Estado, tirando o PT do governo, dar mais um golpe ao mandar o Judiciário perseguir Lula e o PT, impedindo Lula de se candidatar a presidente. Já que não ganham de Lula, partiram para impedir Lula de disputar. É muita covardia.

Para agradar as multinacionais ou, talvez por já estarem negociando com as grandes empresas petrolíferas, Alckmin antecipa-se e declara que, se eleito, pode privatizar toda a Petrobras. É muito cinismo.

Ao mesmo tempo que Alckmin declara que topa vender o que resta de brasileiro aos estrangeiros, como o PSDB vem fazendo desde FHC, este, que já foi presidente por dois mandatos, não gostando de Alckmin, já procura nomes alternativos para se candidatar a presidente. Mesmo que seja o Huck.

Enquanto o Brasil desintegra-se, com os políticos vendendo tudo, o judiciário brigando por pinduricalhos que somam aos salários, a imprensa mente e manipula, as igrejas buscam mais dinheiro do que prática cristã, os militares ainda continuam em silêncio.

Se os tucanos do PSDB tentarem privatizar totalmente a Petrobras e os militares aceitarem passivamente, o Brasil correrá o risco de efetivamente se transformar numa Venezuela ou num Oriente Médio.

O Brasil tem dois símbolos históricos:

A Petrobras e o Banco do Brasil.


No dia que o PSDB tentar entregar estes dois símbolos à empresas estrangeiras, o gigante se levantará e o povo verá, pela primeira vez, uma guerra que vai do Amazonas ao Rio Grande do Sul. Mesmo se os militares se aliarem ao PSDB mercenário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário