sábado, 17 de fevereiro de 2018

Andrezinho, da UTI, manda “uma carta de amor”

Andrezinho sempre foi brilhante

Mas, da UTI, em São Paulo, recuperando-se do coração, é um amor.

Minha proposta é esperar Andrezinho ser liberado do hospital e fazer uma grande festa no Café dos Bancários para recepcioná-lo.

Na carta,Andrezinho, além de brilhante, mostra seu lado amoroso e fraterno.

Vejam que bela “carta de amor”, Andrezinho escreveu para todos nós.

"Oi, gente...

Tive alta da UTI, vim para o quarto,
mas a situação segue requerendo muitos cuidados.
Ontem tive queda de pressão e hj me sentia cansado e com o coração um pouco acelerado.

A médica veio e ficou uma hora comigo.
Primeiro, o infarto foi punk e mais grave do que eu imaginava.

Terei de fazer acompanhamento para sempre.
Segundo ela, estão na fase de avaliar se haverá ou não lesão permanente no coração (que segue batendo por vcs...rsrs).

Depois terei de reavaliar tudo, desde alimentação à exercícios, etc.

Hj e amanhã terei vários exames para fazer pq estão preocupados com possibilidade de reflexos nos rins, etc. É tipo, uma varredura, que pode incluir até o dedão do pé.

Estou muito feliz com a solidariedade e atenção de todos,
isso tem sido fundamental para mim.
Eu fico no hospital pelo menos até quarta-feira.
Como estarei com exames hj e amanhã, não é a melhor hora para visitas. A minha irmã Cristina Tallarico Rodrigues, tem recebido as mensagens de vcs e vai ajudar na orientação sobre visitas.

Estou tentando ficar pouco na internet e aproveitar para pensar na vida.

Não é que não estou falando com ninguém, mas estou tratando de me abstrair um pouco desse mundo virtual.

Assim peço desculpas por demorar em responder ou até não responder.
Simplesmente não dou conta de tanta solidariedade.
Isso é muito bom e tem me feito bem, mas estou evitando ficar pendurado nas redes.
Lógico que continuo ligado em tudo. Não nasci para o foda-se.

Tenho acompanhado tudo que está acontecendo.
E minhas leituras não são otimistas, dado os longos anos de ação, atuação e estudo desse nosso mundo e desse improvável Brasil.
Acabei amarrado na Globo todos esses dias. Como abstraí, não está me afetando.
Mas é incrível como td é muito óbvio e bem coordenado. O resultado é um país que pode virar um arremedo de país, pois Nação já não somos mais.
Esse lance da intervenção militar na segurança do RJ, longe de discutir o mérito, é mais complexo, profundo e politiqueiro do que vcs podem imaginar.

Vendo a Globo desde sábado passado, as mesmíssimas cenas de violência no RJ vem sendo repetidas à exaustão e não é à toa.
É um veneno.

Mas só entende que é veneno quem é do ramo.
Nós temos de lidar com algumas coisas prioritárias, como impedir a Reforma da Previdência de qq jeito, pois o novo texto tá cheio de pegadinhas e os "recuos" na reforma são cosméticos.

Assim, não se deixe enganar, nem baixe a guarda nesse assunto.

Também não se iludam com essa intervenção militar no RJ. Não apenas não resolverá, é o jogo político e o controle político dos territórios controlados por políticos e outros atores, como empresários, juízes, policiais e demais grupos de interesse.

Td que está rolando trará consequências graves,
assim, não entre no embalo da imprensa e na lavagem cerebral que fazem.
Fizemos o que fizemos nesses últimos dois anos e deu no que deu.
Não se enganem de novo.

Bom, voltando ao meu diminuto mundo nesse momento, vou descansar, pensar e me cuidar.
Tenho uma mente que está sempre em funcionamento e alerta, o que não é ruim, mas em doses muito altas, tb não ajudam.

Quem quiser fazer uma visita, contatem minha irmã e ficarei feliz em vê-los à partir de segunda-feira.
Preciso confessar que ainda estou muito frágil e realmente me sinto assim.
Dessa forma, vale a máxima da vovó: canja de galinha não faz mal à ninguém. Estou nesse momento.

Agradeço mais uma vez à vcs todxs.
Estão sendo importantes e me emocionando bastante.
Embora eu seja uma pessoa pública, no meu meio pessoal e particular só entra quem é importante pra mim e quem eu gosto e tenho preocupação, mesmo estando longe.

Sintam-se amados por esse escorpiano que às vezes é meio gélido.


E acreditem, é um amor verdadeiro.
Mesmo que vc nunca tenha me visto ou que faça anos que não nos vemos.

Mando um bj à todxs.


Ah! Descobri que é fácil diminuir a barriga. É só ter um infarto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário