terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Judiciário e Imprensa preparando mais um golpe

Os jornais antecipam votos contra Lula?

Ou os jornais exigem que os juízes decidam contra Lula?


Até Fernando Henrique Cardoso, através de seu jornal preferido - o Estadão - já avisou:


"O Brasil não vai tremer, se Lula for condenado"

Ele também insiste que Lula tem que aceitar a decisão tomada pelos juízes no dia 24.
Além de cínico e parcial, FHC também se posiciona exigindo a condenação. Tenha ela consistência ou não.

Como dizia o grande estrategista e sindicalista Augusto Campos: "No Brasil, o pessoal só defende a democracia quando é minoria ou não está no poder. Quando consegue o poder, passa por cima das regras democráticas e sequer respeita a vontade do povo."

FHC já antecipa que "não haverá reação expressiva."


"Do ponto de vista do País, é sempre ruim.
É ruim para o País e para a memória,
mas não acredito que a população vai tremer nas suas bases por causa disso.
Não acho que o País vai tremer em função disso."

Enquanto FHC avalia que não haverá reação expressiva, mais de 100 mil pessoas, do Brasil e do exterior, já assinaram o abaixo-assinado em solidariedade a Lula e exigindo o direito de Lula ser candidato. Quem deve decidir é o povo.

O PSDB e demais golpistas estão com medo do povo
e por isso exigem que os juízes golpistas votem pela condenação de Lula, mesmo sendo um processo que parte de defesa frágil e inconsistente. O PSDB está com medo disputar as eleições com Lula.

O PSDB quer ganhar no tapetão!


O Brasil pode dar mais um passo para trás na sua história.
Será uma grande vergonha para o Judiciário e para a OAB.
Será a desmoralização do Judiciário e da nossa democracia.

O Brasil vai ficar igual ao Egito.

O povo não quer mais ditaduras!


O povo quer exercer seu direito soberano de votar livremente!

O povo quer Lula presidente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário