sábado, 2 de dezembro de 2017

Veja diz que "A Miséria voltou"

Chamada de capa reconhece o mal que fizeram

Enquanto estava na fila do supermercado neste sábado, vi que várias revistas estavam à venda em um dos lados do corredor do caixa.

Chamou-me atenção duas chamadas: "A Miséria voltou" e "O voo dos tucanos".

A revista golpistas, de extrema direita, reconhece que, neste governo golpista, com a redução substancial das políticas sociais houve um significativo aumento da miséria. E, ainda na capa, publica a fotografia de uma pessoa dormindo na rua.

Já o voo dos tucanos, com chamada principal, mostra o oportunismo do PSDB.


Ideólogos do golpe, do neoliberalismo no Brasil e do entreguismo das nossas riquezas e da nossa soberania, agora que o governo Temer tem apenas 3% de apoio da população, os tucanos, liderados por Aécio Neves e pelo governador de São Paulo, Alckmin, defende que todos os tucanos saiam do governo e fiquem apoiando-o no legislativo. Oportunismo bem típico do PSDB.

Realmente a miséria voltou:


- a miséria da imprensa;
- a miséria do judiciário;
- a miséria dos governos mentirosos;
- a miséria da segurança;
- a miséria do presidente medíocre;
- a miséria da redução das políticas públicas;
- a miséria da redução de verbas para pesquisa;
- a miséria da redução de verbas para universidade públicas;
- a miséria da redução de verbas para cultura;
- a miséria dos juros altos;
- a miséria do centrão no Congresso Nacional;
- a miséria da omissão dos que apoiaram o golpe.

Já para aqueles que cantam:

"O CAMPEÃO VOLTOU!"


Realmente o campeão voltou e o Corinthians é mais uma vez campeão nacional.


Ainda temos o futebol para consolar os brasileiros da miséria que tomou conta do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário