sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Enquanto a economia trava, lucro dos bancos cresce

Juros abusivos dos bancos aumenta a crise

Manchete do jornal Valor de hoje "Lucro dos grandes bancos cresce 14,6%"

O resultado combinado do Banco do Brasil, ITAU Unibanco, BRADESCO e SANTANDER foi de 16,4 bilhões de reais, em relação ao mesmo período do ano passado. Este valor corresponde ao resultado de um trimestre!

Enquanto o Brasil afunda numa crise econômica, política e social, os bancos ganham dinheiro e ganham mercado, tornando-se um grande oligopólio - controle de mercado por apenas algumas empresas - e a população vai ficando refém de taxas de juros e cobranças de tarifas bancárias abusivas.

Vejam os resultados dos quatro bancos de capital aberto e que controlam mais de 2/3 do mercado financeiro brasileiro:

Lucro recorrente no terceiro trimestre em 2016 e 2017:

Santander: de 1,9, cresceu para 2,6 bilhões de reais;

Bradesco: de 4,5, cresceu para 4,8 bilhões de reais;

ITAU: de 5,6, cresceu para 6,3 bilhões de reais;

Bco. Brasil: de 2,3, cresceu para 2,7 bilhões de reais.


RENTABILIDADE:

Santander: de 13,1% para 17,1%;

Bradesco: de 17,6% para 18,1%;

ITAÚ: de 19,9% para 21,6%;

Bco. Brasil: de 12% para 12,8%.



Quais são as taxas de juros mensais cobrados pelos bancos,
a reportagem do jornal não mostra, mas,
com certeza, qualquer taxa de qualquer banco no Brasil
é maior do que qualquer taxa cobrada pelos bancos europeus.

Assim fica fácil as multinacionais pegarem dinheiro barato na Europa e comprarem as indústrias, as redes de lojas, supermercados e magazines brasileiros, além de comprarem nossa infraestrutura e o pré-sal a preço de bananas, como compraram o Banespa e tantas outras empresas.

Que tristeza!

E os empresários brasileiros que não são banqueiros ainda ficam calados...

Quais empresárias brasileiras não bancárias têm a rentabilidade e os lucros que os bancos têm?????????

Nenhum comentário:

Postar um comentário