quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Chineses estão comprando o Brasil

Entreguistas vendem o Brasil e nossa soberania

A direita babona brasileira, liderada pelo centrão, pela bancada evangélica e pelo PSDB, defende a privatização de tudo, defende a precarização das políticas públicas e são contra os comunistas, os socialistas e todos que defendem a inclusão social e dignidade nacional.

Mas estão vendendo o Brasil à China.

São de direita e combatem a esquerda, mas na hora de ganhar dinheiro, não interessa se o comprador é americano neoliberal ou chinês comunista. É a lógica mercenária...

O Brasil já foi mais rico que a China, hoje, o Brasil é apenas uma reserva de minérios, de agricultura e de consumo para produtos fabricados na China. O comunismo restabeleceu à dignidade do povo chinês, enquanto o neoliberalismo entreguista, restabeleceu o servilismo brasileiro aos Estados Unidos e demais países da Europa. Lamentável!

Vejam as notícias dos jornais de ontem:

APETITE CHINÊS NO BRASIL


Estadão, página B10.

Brasil é segundo destino em todo o mundo entre 2014 e 2017.


21 aquisições realizadas entre 2015 e 2017:


Atlântico Transmissão
Linhas de Transmissão de Montes Claros
Banco BBM SA (80%)
PSafe Tecnology
XCMG Brazil Investment (90%)
PCHs da Triunfo
Tecnologia Automotiva Catarinense
Azul SA (23,7%)
Usinas de Jupiá e Ilha Solteira
Onyx Tecidos e Filmes Refletidos (51%)
Anglo American Fosfatos e Nióbio
Fiagril (57%)
Porto de São Luis
CPFL Energia (54,6%)
Rio Bravo Investimentos
Duke Energy Brasil
Concremat Engenharia e tecnologia (80%)
99 Taxis Desenvolvimento de Software
CPFL Energias Renováveis (48,4%)
CPFL Energia SA (45,4%)
Unicoba Baterias Participações (59,2%)

fonte: AT Kearney, Dealogic, Até 9 de março de 2017.

Agora vocês entendem por que nossa imprensa
deu tanta importância ao Congresso do Partido Comunista da China!

Nenhum comentário:

Postar um comentário