quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Brasil sob o crime organizado

O Rio de Janeiro é só um exemplo

Lamentável ler e ouvir o noticiário do bate-boca entre o Ministro da Justiça e as “autoridades” do Rio de Janeiro. Turistas morrem “por engano”, crianças são baleadas dentro de casa, adultos morrem nas ruas e o povo entra em pânico.

Onde estão das “autoridades” e os poderes constituídos? Todos eles?


Li o artigo de Josias de Souza na folha de hoje e fiquei assustado. Queria reproduzi-lo mas só tive tempo agora, depois das 22:00h.

Vale a pena tomar conhecimento desta notícia e deste descalabro. Da uma tristeza imensa, mas este é o Brasil que temos atualmente: Sob o domínio do medo.

Rio: Crime organizado X Estado esculhambado


Josias de Souza – Folha – 31/10/2917

O ministro Torquato Jardim, da Justiça, disse em voz alta o que era apenas murmurado por todas as autoridades que lidam com a área de segurança no governo federal. Torquato declarou, em essência, que a PM do Rio é controlada pelo crime organizado, não pelo governo estadual.

Os criminosos participam da escolha do comando da Polícia Militar. E os chefes dos batalhões da PM são “sócios do crime”, disse Torquato. Eu registrei as manifestações do ministro.

E isso abriu uma crise entre Brasília e o Rio.


Esse assunto não diz respeito apenas aos habitantes do Rio. Interessa a todos os brasileiros em dia com o fisco, pois o dinheiro dos impostos federais tem custeado o socorro das forças federais à segurança do Rio. O esforço envolve Forças Armadas, Polícia Federal, Polícia Rodoviária, Força Nacional de Segurança.

Quem paga a conta, merece a verdade.


O ministro da Justiça não é um qualquer. Dispõe de informações privilegiadas. Reagir aos ataques com outros ataques, como fizeram as autoridades do Rio, não resolve o problema. A crise do Rio é um terremoto de verdades. A verdade mais cruel chama-se Sérgio Cabral. Desceu do governo para a cadeia.

Quem supõe que num Estado que chegou a esse ponto o crime não se infiltrou na máquina de segurança é ingênuo ou cínico. Se não consegue lidar com as verdades que saltam aos olhos, não conseguirá lidar com a crise.

Só uma coisa é pior do que o crime organizado:


o Estado esculhambado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário