segunda-feira, 30 de outubro de 2017

O mundo está ficando neoliberal?

Visita da CGT da França

Ontem fomos assistir a um filme sobre Godard e o maio de 68 na França. Muito engraçado e saudosista... The dream is over.

Hoje recebemos a visita de uma delegação de dirigentes da CGT francesa, liderada pelo seu secretário-geral, equivalente ao nosso presidente.

Apesar de ser na França, lá a doença do neoliberalismo chegou forte com o novo presidente, Mácron. Estão flexibilizando e destruindo os direitos históricos dos trabalhadores. Tudo isso em nome da concorrência com a China e a Ásia. É o efeito do modo de produção asiático que já falava Marx.

Esta doença começou com Tatcher e Reagan, foi ampliada por Clinton e agora virou epidemia mundial.

Como combatê-la?

Só as democracias não estão dando conta, é preciso recuperar os modelos keynesianos de bem estar social. O problema é que os governos sociais democratas já não tem respostas para as demandas modernas.

Na forma como estão estruturados os três poderes e o sistema eleitoral já não respondem às necessidades do povo.

É preciso desenvolver um novo sistema.

Qual pode ser a contribuição do Brasil neste novo modelo?

Precisar pensar neste assunto...

Um comentário:

  1. Reproduzo esse texto recente do companheiro Gilmar Carneiro, um dos grandes responsáveis pelos avanços do movimento dos bancários no Brasil. Ah, se tivéssemos um Gilmar Carneiro em cada categoria de trabalhadores...

    Parece que a onda neoliberal varre o mundo (olha o pensamento de Marx mais vivo que nunca no que se refere ao modo de produção e a estrutura do trabalho) ), o que torna eleger Lula Presidente do Brasil de uma gigantesca importância tática , principalmente na Latino América.

    Precisamos de um emergente resgate do Estado de Bem Estar Social.
    #Lula2018

    ResponderExcluir