domingo, 1 de outubro de 2017

Barcelona: Nada será como antes

Violência espanhola contra o plebiscito

Como se previa, o governo da Espanha, apoiado pelo judiciário espanhol, mandou tropas para tentar impedir o plebiscito da Catalunha.

Mesmo com a violência, o povo catalão foi votar e optar por sua autonomia total em relação à Espanha.

Os governos dos países europeus acompanham os fatos com apreensão. Os Estados Unidos, que historicamente e por influência inglesa sempre foi contra a Espanha, também se cala.

Quando eram os povos do entorno da Rússia, os países da OTAN e os Estados Unidos apoiavam abertamente a independência destes povos e regiões de países. Foi assim com Kosovo, Bósnia, Armênia e tantos outros. Com os curdos e com os catalães estes países se calam. São democratas de conveniência...

Até no futebol o plebiscito interferiu. O jogo do Barcelona está se realizando com os portões fechados. Mas os jogadores do Barcelona se posicionaram a favor da autonomia.

Nada será como antes...

Nenhum comentário:

Postar um comentário