sábado, 26 de agosto de 2017

Depois do golpe, a busca da consolidação do poder

Centrão e PMDB não sobrevivem sem o PSDB

Quem liderou o golpe não foi o PMDB, muito menos o Centrão fisiológico e cheio de evangélicos.
Quem bancou, liderou, organizou, planejou e deu a roupagem de necessidade econômica e política foi o PSDB.

Nesta semana, presenciamos uma briga por baixo do pano, entre os líderes do PMDB e parte do PSDB. O pessoal tucano mais ligado a Aécio joga pela direita explícita. O pessoal mais ligado ao senador do Ceará e a FHC buscam manter as aparências do partido. Não querem passar a imagem de donos desta tragédia chamada governo Temer.

Como negócio, o golpe foi um grande lance para o mercado, para os neoliberais e para os entreguistas. Como política, o golpe está se mostrando uma tragédia. Impopular, explicitamente operado por corruptos e inescrupulosos, nem o judiciário consegue agir com lisura e com a força da lei.

O único setor golpista que ainda consegue manter as aparências é a imprensa. Mesmo assim, muito mais pela ação da Rede Globo do que pela Folha e os outros veículos. A Folha continua com a imagem de líder do golpe e do projeto neoliberal apresentado pelo PSDB. Portanto, um jornal a serviço do PSDB e do neoliberalismo.

Ainda por orientação dos tucanos, os golpistas no governo e no congresso querem aproveitar a cumplicidade do judiciário e da imprensa, para fazer uma reforma política que garanta a reeleição da corja de políticos golpistas e corruptos.

Como será possível isto?
Inventando um parlamentarismo que nem os militares em 1964 tiveram coragem de fazer.

Vai chegar uma hora que, nem a imprensa nem o judiciário, conseguirão continuar enganando o povo. Além dos abusos políticos, os golpistas estão aproveitando para vender tudo que for possível, provavelmente ganhando comissões no Brasil e no exterior. Tudo combinado antes com os compradores. Isto já deu certo com as privatizações de FHC e agora está ainda mais fácil, com o golpe tudo ficou justificável. E não precisa do povo.

Estão vendendo o Brasil. Mesmo que seja para a China Comunista...

Estes golpistas, além de mercenários, são estúpidos!

Uma ditadura da classe patronal ou, uma ditadura de uma quadrilha?

A busca da consolidação do poder na mão dos golpistas tem a ver com a tentativa de se fazer uma consolidação hegemônica de uma parcela mais mercenária do empresariado brasileiro, aliada à burocracia corrupta e moralista, liderados pela imprensa entreguista e neoliberal. É uma ditadura cucaracha e bananeira...

Se a economia melhorar, como diz Meirelles, até ele pode ser candidato a presidente pelo partido dos evangélicos, se a economia continuar esta terra arrasada, estes golpistas serão expulsos do poder pelo povo de forma violenta e desordenadamente. Estamos caminhando para virar uma Venezuela?

Ainda temos Lula com a sua liderança inconteste.
O problema é segurar os entreguistas de toga. Este processo do triplex é a maior palhaçada que já vi na vida. Todos os advogados de confiança que consultei sobre o processo, disseram que não há nenhum documento formal que prove que Lula ou sua família tenha sido proprietária do imóvel. Como não contam com os militares para usurparem o poder por muito tempo, cooptaram o judiciário para fazer o serviço sujo.

O problema não é de ser verdade ou não.
O problema é que os golpistas não querem aceitar a candidatura de Lula para presidente.
Além de corruptos, são covardes.

Temem o Povo.

Poderão matar algumas primaveras,

mas não impedirão o Povo de usufruir das flores
e das riquezas do Brasil.

Não aceitamos a venda da Soberania Nacional!

Nenhum comentário:

Postar um comentário