quarta-feira, 23 de agosto de 2017

A Morte do Direito

A Direita mata o Direito

Conforme o New York Time, o Ocidente decidiu que:

"Vale a pena sacrificar a Democracia,
se esta for a única forma de proteger
os valores do capitalismo liberal".

Isto valeu para o Egito, valeu para o Brasil e vai ser aplicado onde for necessário proteger o capitalismo neoliberal. A direita cresceu na Europa apoiada pelo neoliberalismo e aproveitando-se do fim da União Soviética.

O maior concorrente internacional aos Estados Unidos é a China.

Além de conseguir distribuir pelo mundo produtos a baixo custo, representando verdadeiros dumping, os chineses são os maiores credores dos Estados Unidos, a China tem o maior Exército do mundo e agora estão comprando empresas em todos os continentes.

E ninguém questiona o fato de a China não ser uma democracia nos moldes ocidentais. Lá quem manda em tudo é o Partido Comunista.

O ocidente está matando o Direito em todos os países que são governados por dissidentes ou oposicionistas do neoliberalismo. Onde se consegue manter a fachada de Democracia com governantes subservientes, estes governos são mantidos. Mas, se houver resistência ao neoliberalismo, aplicam todos os mecanismos de mídia, de mobilizações, de boicotes, do judiciário, do parlamento e, em ultimo caso, das Forças Armadas.

É a guerra invisível transformando-se em guerra visível.

O Brasil passou por um golpe, derrubando o governo eleito, comprando-se os parlamentares, como mercenários corruptos, e entregando a economia nacional aos interesses internacionais. Vendendo tudo a preço de banana.

Vendendo inclusive a Soberania Nacional.

A Venezuela também é aqui...

E agora vem esta ex-procuradora geral da Venezuela dizer que o governo venezuelano está acabando com o Direito. A Venezuela tem problemas de todos os tipos, principalmente boicote ostensivo dos empresários que desabastecem o país como forma de mobilizar a população contra o governo. Já o governo, além das grosserias políticas, não consegue garantir o abastecimento para o povo. E o povo sem comida e material em geral não consegue defender o governo. Forças Armadas não são para matar pessoas, mas para proteger o povo. E a melhor forma de proteger o povo é garantir abastecimento. Sem comida e sem segurança, não há governo que sobreviva.

Podemos afirmar que, o correto é afirmar:

A direita está matando o Direito.


E com isto, a direita está acabando com as Democracias. Dando início a novo período da história em que o absolutismo, o fascismo e as ditaduras estão bloqueando a liberdade e destruindo as democracias. O mundo passou por isto antes da Segunda Guerra Mundial, depois repetiu o fascismo e as ditaduras no pós-guerra, na guerra-fria, e depois de bom período com a Democracia e a Liberdade crescendo nos países pobres, a direita volta a crescer e a combater a liberdade para todos.

Mesmo no deserto, as flores também nascem.
As Primaveras voltarão
e o povo voltará a sorrir...

Nenhum comentário:

Postar um comentário