segunda-feira, 3 de julho de 2017

Vaccari está para ser LIBERTADO

Relator trabalhou até no domingo

No dia 29, quinta-feira passada, o desembargador federal e relator do recurso de Vaccari, João Pedro Gebran Neto,determinou à autoridade coatora para que preste COM URGÊNCIA as informações que entender pertinentes ao julgamento da presente ação mandamental.

Após, dê-se vista ao Ministério Público Federal para PARECER.

Retornem conclusos PARA JULGAMENTO PELO COLEGIADO
(grifo meu).

Documento eletrônico assinado pelo RELATOR, na forma do artigo 1o., inciso III, da Lei 11.419, de 19/12/2006 e Resolução TRF-4a. Região no. 17, de 26/03/2010.

Informações adicionais da assinatura: João Pedro GEBRAN Neto, 02/;07/2017 18:16. DOMINGO!


"A tese da defesa no sentido de que inexistiriam razões diferenciadas entre os dois decretos prisionais - ou mesmo que a segunda prisão é mera implicação da primeira - comporta exame em sede de HABEAS CORPUS, até mesmo porque o segundo decreto prisional não chegou a ser impugnado perante este Tribunal, onde a respectiva apelação criminal pende de parecer ministerial e julgamento."

Serão ouvidos o Ministério Público Federal e
o juiz Sergio Moro, além da defesa de Vaccari,
para finalmente SER JULGADO PELO COLEGIADO do TRF-4a.

Enquanto Vaccari e seus amigos esperam ansiosamente sua libertação, a gente vê na imprensa Aécio e seus parceiros de rolos serem libertados e comemorarem com seus familiares.

Se foi reconhecido o não envolvimento de Vaccari com as denúncias da Petrobras, porque ficar protelando a libertação de Vaccari?

Nenhum comentário:

Postar um comentário