segunda-feira, 10 de julho de 2017

PSDB usou Temer e o PMDB

Partido utilitarista usa também o nome do Brasil

Foi constrangido que ouvi hoje, na rádio CBN,
as declarações tanto do governador de São Paulo, Alckmin,
e do prefeito da capital, Doria.

Ambos reforçaram que, depois da votação da reforma trabalhista,
onde defendem os interesses patronais contra os trabalhadores,
orientarão o PSDB a DEIXAR O GOVERNO TEMER.

O cinismo é tão grande que, para esconder seus interesses,
dizem que fazem isso pelo "Bem do Brasil".

Isto é, em nome de aprovar suas propostas,
fazem acordo com qualquer um. Seja da direita ou da esquerda.


Fizeram acordo com Collor, depois com Itamar, depois,
mesmo perdendo as eleições para o PT,
também fizeram "acordos" com o PT e
se juntaram aos golpistas para derrubar o governo Dilma e
implantar esta tragédia chamada governo Temer.

Para piorar ainda mais a imagem do PSDB,
as delações da JBS estão cheias de nomes do PSDB.
Tanto para pegar dinheiro para campanha,
como para pagar dívidas pessoais de Aécio & Cia.

O próprio presidente atual do PSDB, Tasso Jereisatti,
já declarou que Temer perdeu a governabilidade
e deve ser substituído depois da votação da reforma trabalhista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário